O estranho gosto pelo isolamento do PT por Enio Verri | Fábio Campana

O estranho gosto pelo isolamento do PT por Enio Verri

Os deputados estaduais do PMDB declararam que o PT tinha se distanciado do partido e que estava se beneficiando das políticas publicas do governo federal, enquanto o PMDB ficou chupando o dedo. O deputado estadual Enio Verri (PT) saiu a publico e afirmou que não era verdade o distanciamento. Em seguida, tivemos o jantar entre os deputados do PMDB com o governador Beto Richa (PSDB) e o anúncio da adesão do partido ao seu governo.

O deputado estadual Enio Verri (PT) veio a público novamente para dizer que o PT saiu fortalecido, pois agora todos sabem que é a única força oposicionista. Ora pois, primeiro negou a existência do distanciamento, para logo depois dizer que era bom. Para aqueles que sabem que para um partido ter um projeto de poder majoritário o primeiro passo é uma política de alianças, especialmente com o PMDB, não entendeu o estranho gosto pelo isolamento do PT, manifestado pelo deputado estadual Enio Verri (PT). Seria um caso de Síndrome de Diógenes, que tem como principal sintoma o isolamento?


4 comentários

  1. Professor CELSO
    sábado, 20 de agosto de 2011 – 14:47 hs

    QUEM QUER SER EXCESSIVAMENTE ESTRELA, TEM ENORMES DIFICULDADES EM COMPOR CONSTELAÇÃO! VAI QUE A LUZ DA CONSTELAÇÃO OFUSQUE O EFÊMERO BRILHO.
    POLÍTICA É A ARTE DE FAZER SILENCIAR AQUELES QUE FALAM O QUE NOS PREJUDICA.
    PERGUNTE EM SEPARADO A CADA UM DA BANCADA O QUE PENSAM DESTE “DEMOCRATA”

  2. CAÇADOR DE PETISTAS
    sábado, 20 de agosto de 2011 – 17:29 hs

    Porque estão dando imope para este insignificante?

  3. Anônimo
    sábado, 20 de agosto de 2011 – 20:46 hs

    Vai ter que se explicar com a matéria da revista época.

  4. Èpracaba
    sábado, 20 de agosto de 2011 – 20:49 hs

    Este posicionamento dos deputados estaduais do pmdb é de embrulhar o estomago. quer dizer que se nao tem uma teta pra mamar num lado corre pro outro?………..é vergonhoso termos que ver esse tipo de atitude no Brasil.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*