Morre Carlos Ermírio de Moraes, da Votorantim | Fábio Campana

Morre Carlos Ermírio de Moraes, da Votorantim

Foto:Divulgação / Grupo Votorantim

Empresário lutava contra um câncer desde 2007. Ele é filho de Antônio Ermírio de Moraes e estava na presidência do conselho administrativo do grupo desde 2001

da Gazeta do Povo

O empresário Carlos Ermírio de Moraes, de 55 anos, presidente do Conselho de Administração da Votorantim Participações, morreu na noite desta quinta-feira (18), em decorrência de um câncer que enfrentava desde 2007. Ele estava no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Carlos era filho de Antônio Ermírio de Moraes e Maria Regina de Moraes e estava na presidência do conselho de administração do grupo desde 2001. Ele deixa a mulher, Márcia Regina Recio de Moraes, e dois filhos, Eugênio Ermírio de Moraes e Júlia Recio de Moraes.

Carlos Ermírio dedicou mais de 30 anos à Votorantim e participou de ações na Votorantim Cimentos, CBA, Votorantim Metais e Votorantim Energia. Em nota divulgada pela empresa, é afirmado que com a morte de Carlos Ermírio a Votorantim “perde um grande líder”, que foi “exemplo de integridade, simplicidade, determinação e respeito”. A nota ainda informa que o grupo prossegue normalmente com as atividades diárias.

O velório será realizado a partir das 8h desta sexta-feira (19), no salão nobre da Beneficência Portuguesa, em São Paulo. O corpo será cremado às 14h no Crematório de Vila Alpina, também em São Paulo.

Biografia

Nascido em São Paulo, Carlos Ermírio de Moraes seguiu os passos do avô na vida acadêmica e cursou Engenharia Metalúrgica na Colorado School of Mines, nos Estados Unidos. Ele se formou em 1979.

Em seus 30 anos de trabalho no Grupo Votorantim, teve participação em algumas das principais unidades do grupo. Entre 1990 e 1998, foi Diretor de Operações da Companhia Níquel Tocantins e da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), e diretor-presidente da Companhia Cimento Portland Itaú, subsidiária da Votorantim Cimentos. Tambem ocupou o cargo de Diretor-Presidente do Instituto de Metais Não-Ferrosos, de 1986 a 1987, e da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), entre 1993 e 1996.

Carlos Ermírio também foi sócio-fundador e membro do Conselho de Administração do NiDI – Nickel Development Institute, em Toronto (Canadá) e integrou os Conselhos de Administração da Alumina do Norte do Brasil S.A. (Alunorte), da Mineração Rio do Norte e da CPFL Energia. Era também conselheiro fundador, desde 1994, do Instituto Ayrton Senna, instituição dedicada ao desenvolvimento social.


8 comentários

  1. Gonzalez
    sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 10:44 hs

    É o segundo filho do Antonio Ermirio de Moraes que morre por conta de um câncer. Em 2009 ou 2010, não me recordo, também partiu o pai do piloto da Indy, Mario Moraes, neto do Antonio Ermirio.

  2. Questionador
    sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 12:19 hs

    -Até parece maldição: empresários indefinadamente ricos são acometidos pelas mais sérias doenças e sucumbem à morte!!!
    -Como diz o ditado: pobrete mas alegrete e com saúde!!!
    -Se para ser e ficar rico será pré-requisito para morrer antes do previsto…estou fora!!!

  3. jobalo
    sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 14:12 hs

    Pra mim , que sou fã do empreendedorismo da familia , considero uma grande perda , pois a minha primeira carteira profissional, foi assinada pelo Senador ermirio de moraes, pai do jose e do antoni, o, que faleceu em 1972, um homem memoravel, exemplo de vida que eu carregto aaté hoje, eu era naquele tempo tecnico agricola da fazenda mais bem preservada de 50 mil alqueires , de pinheiro araucaria.

  4. sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 15:02 hs

    A comunidade Elista ,Elos Club São Paulo,expressa condôlencias pelo passamento do Sr.Carlos Emírio de Moraes,seu filho com os nossos pesares.

  5. Robertão
    sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 18:56 hs

    Senhores,

    Com pesar e muito respeito, aqui me manifesto com sentimentos profundos, pela morte do Eng.º Carlos Ermírio de Moraes, com quem tive a satisfação de conviver, em raras oportunidades, em suas viagens a Três Marias e Vazante e M. Gerais.
    Pessoa simples, tanto no trato e na postura profissional.

    – Qualquer um menos avisado o confundiria com outro trabalhador da empresa, porque assim era no seu dia a dia.

    O Doutor Antônio Ermírio, pessoa que muito contribuiu para a saúde do Brasil, através de sua dedicação ao Hospital da Benificença Portuguêsa, sofre agora outro embate, após perder o outro filho (Eng.º Mário Ermírio de Moraes) a 05 de agosto de 2009, também de cancer.

    À familia(pais, tios, irmãos, filhos, primos) a minha modesta solidariedade.

  6. JANAINA CABRAL
    sábado, 20 de agosto de 2011 – 7:52 hs

    QUE JEOVÁ DEUS POSSA ABENÇOAR E CONFORTAR TODOS DA FAMILIA MORAES… NOSSOS SINCEROS SENTIMENTOS!!!
    SABEMOS O QUÃO DIFICIL É PERDER UM ENTE QUERIDO…
    À VOCÊS…. NOSSA SOLIDARIEDADE!!!

  7. sábado, 20 de agosto de 2011 – 17:54 hs

    Para quem sabe e entende o quanto os Ermírios foram e são importantes para o Brasil.(Estes estão de luto).Não só pelo papel histórico na economia brasileira,más pelo papel exemplar de dignidade e princípios éticos que enraizou junto com a história do grupo,exemplificando; e através destes metodos seduziu talentos ao longo dos anos.Formamando ao longo da história toda a equipe,(ou melhor,a família Votorantim).Todos que entendem o que eu estou falando,inclusive eu.(Estamos de Luto).

    Ass.José Carlos Reis.

    Salvador BA.

  8. Ismael Braga Junior
    terça-feira, 20 de dezembro de 2011 – 17:12 hs

    Nossa…fiquei triste com a noticia do falecimento do Carlos Ermirio pois trabalhei ao lado dele na CNT (Cia Niquel Tocantins) e conservo uma ótima impressão dele, uma pessoa humilde, responsável, mesmo com uma das pernas quebradas nunca faltou ao trabalho, me lembro bem disso ele chegava cedinho na Empresa em Sao Miguel Paulista com uma bengala e a perna engessada. Ele foi um exemplo pra minha vida profissional e pessoal. Qdo deixei a Empresa fui cumprimentá-lo pra me despedir e ele me disse: ” Quem sabe a gente se encontre numa outra Empresa do Grupo qualquer dia ” …Carlos, hoje eu sei que um dia vamos nos encontrar sim, nao mais numa das Empresas do Grupo infelizmente mas junto ao Todo Poderoso onde a morte nao existe onde a vida é eterna. Que seu espirito esteja em Paz. Obrigado pelo bom exemplo de vida!
    Ismael Braga Junior

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*