José Dirceu denuncia 'atividade criminosa' da VEJA | Fábio Campana

José Dirceu denuncia ‘atividade criminosa’ da VEJA

Do Blog do José Dirceu, via Noblat

Depois de abandonar todos os critérios jornalísticos, a revista Veja, por meio de um de seus repórteres, também abriu mão da legalidade e, numa prática criminosa, tentou invadir o apartamento no qual costumeiramente me hospedo em um hotel de Brasília.

O ardil começou na tarde dessa quarta-feira (24/08), quando o jornalista Gustavo Nogueira Ribeiro, repórter da revista, se registrou na suíte 1607 do Hotel Nahoum, ao lado do quarto que tenho reservado. Alojado, sentiu-se à vontade para planejar seu próximo passo. Aproximou-se de uma camareira e, alegando estar hospedado no meu apartamento, simulou que havia perdido as chaves e pediu que a funcionária abrisse a porta.

O repórter não contava com a presteza da camareira, que não só resistiu às pressões como, imediatamente, informou à direção do hotel sobre a tentativa de invasão. Desmascarado, o infrator saiu às pressas do estabelecimento, sem fazer check out e dando calote na diária devida, ainda por cima. O hotel registrou a tentativa de violação de domicílio em boletim de ocorrência no 5º Distrito Policial.

A revista não parou por aí.

O jornalista voltou à carga. Fez-se passar por assessor da Prefeitura de Varginha, insistindo em deixar no meu quarto “documentos relevantes”. Disse que se chamava Roberto, mas utilizou o mesmo número de celular que constava da ficha de entrada que preencheu com seu verdadeiro nome. O golpe não funcionou porque minha assessoria estranhou o contato e não recebeu os tais “documentos”.

Os procedimentos da Veja se assemelham a escândalo recentemente denunciado na Inglaterra. O tablóide News of the Word tinha como prática para apuração de notícias fazer escutas telefônicas ilegais. O jornal acabou fechado, seus proprietários respondem a processo, jornalistas foram demitidos e presos.

No meio da tarde da quinta-feira, depois de toda a movimentação criminosa do repórter Ribeiro para invadir meu apartamento, outro repórter da revista Veja entrou em contato com o argumento de estar apurando informações para uma reportagem sobre minhas atividades em Brasília.

O jornalista Daniel Pereira se achou no direito de invadir minha privacidade e meu direito de encontrar com quem quiser e, com a pauta pronta e manipulada, encaminhou perguntas por e-mail já em forma de respostas para praticar, mais uma vez, o antijornalismo e criar um factóide. Pereira fez três perguntas:

1 – Quando está em Brasília, o ex-ministro José Dirceu recebe agentes públicos – ministros, parlamentares, dirigentes de estatais – num hotel. Sobre o que conversam? Demandas empresariais? Votações no Congresso? Articulações políticas?

2 – Geralmente, de quem parte o convite para o encontro – do ex-ministro ou dos interlocutores?

3 – Com quais ministros do governo Dilma o ex-ministro José Dirceu conversou de forma reservada no hotel? Qual o assunto da conversa?

Soube, por diversas fontes, que outras pessoas ligadas ao PT e ao governo foram procuradas e questionadas sobre suas relações comigo. Está evidente a preparação de uma farsa, incluindo recurso à ilegalidade, para novo ataque da revista contra minha honra e meus direitos.

Deixei o governo, não sou mais parlamentar. Sou cidadão brasileiro, militante político e dirigente partidário. Essas atribuições me concedem o dever e a legitimidade de receber companheiros e amigos, ocupem ou não cargos públicos, onde quer que seja, sem precisar dar satisfações à Veja acerca de minhas atividades. Essa revista notoriamente se transformou em um antro de práticas antidemocráticas, a serviço das forças conservadoras mais venais.


26 comentários

  1. sexta-feira, 26 de agosto de 2011 – 18:39 hs

    O chefe de Organização Criminosa, como qualificou PGR, planta mais uma , a sua moda como lhe convem

  2. Luciano
    sexta-feira, 26 de agosto de 2011 – 18:43 hs

    coitado do Zé Dirceu, não é mesmo? Não teve nada a ver com o mensalão, não faz nenhum tipo de lobby politico e agora isso!

  3. lontrax
    sexta-feira, 26 de agosto de 2011 – 18:44 hs

    Acredito mais que seja um factóide armado pelo próprio Dirceu.Parece muito aquelas táticas cubanas de contra espionagem.Provavelmente Veja conseguiu algum documento importante e o Zé esta preparando o contra veneno.

  4. sexta-feira, 26 de agosto de 2011 – 19:00 hs

    Criando factoides pois faltam alguns dias pra prescreverem os seus crimes. Esse senhor e a cabeca pensante da quadrilha, experiencia tem de sobra quando
    se escondeu aqui no Paraná. Ah se fosse a justica chinesa eu pagaria a bala.

  5. JOSE JESUS DA SILVA
    sexta-feira, 26 de agosto de 2011 – 19:16 hs

    É ASSIM MESMO, O GATO CUIDANDO DO RATO!!!!!!!!!! QUEM ESTÁ CUIDANDO DE QUEM!!!!

  6. Zangado
    sexta-feira, 26 de agosto de 2011 – 20:04 hs

    Em se se tratando de atividades criminais o comissário do mensalão tem faro, ah tem !!!

  7. OSSOBUCO
    sexta-feira, 26 de agosto de 2011 – 20:56 hs

    Eu pergunto ao MP, neste millenium em que vivemos, onde está a nossa liberdade CONTRA a imprensa?

  8. OSSOBUCO
    sexta-feira, 26 de agosto de 2011 – 20:58 hs

    Os procedimentos criminosos da Veja para fabricar ou turbinar assassinatos de reputação não tem limites! E agora? Alguém vai fazer alguma coisa? Jornalista pode cometer crime impunemente?? E os editores e diretores de tal publicação? Vão dizer que nada sabiam? Vão dizer que foi obra de um jornalista-aloprado?

    Não é a primeira vez que um jornalista da Veja é flagrado cometendo alguma ilegalidade. E nem vai ser a última, se nada for feito.

    Vamos aguardar agora o posicionamento da OAB, ABI, Policia Federal, STF, sindicatos de jornalistas e a mídia “co-irmã”.

    Por situações como essa até o Murdoch fechou um dos seus jornais. E o Civita?? Vai fazer o quê??

  9. Revoltado
    sexta-feira, 26 de agosto de 2011 – 21:20 hs

    Será que a veja não esta aliada com o PSDB?

  10. parana neto
    sexta-feira, 26 de agosto de 2011 – 21:30 hs

    …ESTA SIM É UMA GUERRA DE QUADRILHAS…!!!!
    BANDIDOS DOS DOIS LADOS!!!!!!!

    PN.-

  11. ivanowski
    sexta-feira, 26 de agosto de 2011 – 22:25 hs

    . Ñ acredito no que o Zé Mensaleiro diz.
    . Depois de se tornar Chefe da quadrilha, que credibilidade ELE tem???

    . Pergunto ..
    . Alguém me responde, por favor …

  12. João
    sábado, 27 de agosto de 2011 – 0:09 hs

    Pois é, parece que o jeito Murdoch de fazer jornalismo chegou ao Brasil.

    Mas, o que esperar da Veja?? Que seja isenta??

  13. Vigilante do Portão
    sábado, 27 de agosto de 2011 – 8:51 hs

    Hummm

    Um criminoso entregando outro?

    Falta de ética.

    KKKK

  14. sábado, 27 de agosto de 2011 – 9:47 hs

    Pegaram o ZÉ com a mão na cumbuca………….e num ataque de fúria , tenta um Álibi para justificar o injustificável…………………

  15. sábado, 27 de agosto de 2011 – 10:25 hs

    Há Muito a sociedade não suporta o terrorismo da imprensa.Não questiono a importância do jornalismo investigativo..no entanto os políticos são assediados por práticas jornalisticas invasivas e deletérias de tal forma que é desestimulante para uma familia incentivar um filho a militar na politica; e não esqueçamos que e atividade política é tão ou mais importante que qualquer outra atividade profissional.
    Sou assinate da VEJA há 6 anos, porém não leio a parte da cobertura politica por considerar não isenta ,e tendenciosa desde a cobertura do plesbiscito do desarmamento..e estou pensando seriamente em não renovar a assinatura.

  16. Gerson Augusto Silveira
    sábado, 27 de agosto de 2011 – 11:03 hs

    Vejam a reportagem da veja! saibam o porquê de tanta indignação.

  17. HENRY
    sábado, 27 de agosto de 2011 – 11:33 hs

    VEJAM SÓ ATÉ ONDE CHEGAMOS. UM QUADRILHEIRO E MENSALEIRO DANDO UMA DE SANTO, E DENUNCIANDO? SÓ AQUI NA TERRA CHAMADA “Brazil”.

  18. OSSOBUCO
    sábado, 27 de agosto de 2011 – 13:38 hs

    VEJA uma revista de arromba, arromba quartos, arromba privacidade, arromba hotéis, arromba a verdade, cuidado, você pode ser o próximo.

  19. CAÇADOR DE PETISTAS
    sábado, 27 de agosto de 2011 – 18:49 hs

    O soviético DIRCEU continua solto?

  20. CAPA GATO
    sábado, 27 de agosto de 2011 – 21:22 hs

    Zé, não concordo e condeno a atitude do jornalista. Mas cá pra nós voce não é ingenuo e de santo voce não tem nada!!!!!! Não esqueça eu sou o CAPA GATO.

  21. JC Pitanga
    sábado, 27 de agosto de 2011 – 21:28 hs

    Se não fosse a imprensa estar denunciando os escândalo do desgoverno PT,onde estavam os ministros corruptos? Será que a Dilminha teria demitido-os.

  22. OSSOBUCO
    sábado, 27 de agosto de 2011 – 22:38 hs

    O hotel fez até B.O contra o jornalista. Queria ver se tentassem por uma câmera oculta na sua casa. O que diriam os reaças? Pelo jeito o henry, o gerso e os caçadores pelo jeito deixariam. A reportagem da Veja não traz nada de novo, ninguém sabia que o Dirceu se reúne com políticos do seu partido. Imaginem a seguinte cena: alguém põe uma câmera no hotel onde está o Traiano, ele recebe visita do Derosso, do Rossoni e demais políticos do PSDB e eu pergunto: E DAÍ, PÔ?

  23. OSSOBUCO
    sábado, 27 de agosto de 2011 – 22:41 hs

    Eu acho que a culpa disso tudo é de Dilma, assim como Lula, por não editar uma lei para ferrar com essa imprensa criminosa do PiG.O PiG Não tem escrúpulos. Os jornalistas do PiG são uns bandidos. Cadeia para esses safados!

  24. OSSOBUCO
    sábado, 27 de agosto de 2011 – 23:20 hs

    Essa revista é distribuida nas escolas do Estado de SP.Quem paga por esse lixo?????? O gverno tucano, lógico. Por isso atacam só o PT, seletividade paga.

  25. OSSOBUCO
    sábado, 27 de agosto de 2011 – 23:58 hs

    Veja chegou a um ponto sem retorno. Em plena efervescência do caso Murdoch, com o fim da blindagem para práticas criminosas por parte da grande mídia no mundo todo, com toda opinião esclarecida discutindo os limites para a ação dá mídia, ela dá seu passo mais atrevido, com a tentativa de invasão do apartamento de José Dirceu e o uso de imagens dos vídeos do hotel, protegidas pelo sigilo legal.

    Até agora, nenhum outro veículo da mídia repercutiu nenhuma das notícias: a da tentativa de invasão do apartamento de Dirceu, por ficar caracterizado o uso de táticas criminosas murdochianas no Brasil; e a matéria em si, um cozidão mal-ajambrado, uma sequência de ilações sem jornalismo no meio.

    Veja hoje é uma ameaça direta ao jornalismo da Folha, Estadão, Globo, aos membros da Associação Nacional dos Jornais, a todo o segmento da velha mídia, por ter atropelado todos os limites. Sua ação lançou a mancha da criminalização para toda a mídia.

  26. Luis Gringo
    domingo, 28 de agosto de 2011 – 2:04 hs

    soviético!!!?CAÇADOR DE PETISTAS tu parou na época da gurra fria e ainda e burro o Dirceu não tem nada de soviético, cubano ou socialista.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*