Hauly estranha declaração de Mantega | Fábio Campana

Hauly estranha declaração de Mantega

O secretário da Fazendo do Paraná, Luiz Carlos Hauly, pediu uma reunião de emergência com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e a cúpula do ministério, para que detalhem a estratégia traçada para enfrentar a crise, que o próprio Mantega calcula em dois anos de duração.

Hauly fez o pedido durante reunião entre secretários de vários estados brasileiros com o secretário executivo do ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, com a participação de deputados da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa. Chamada de mini-Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), a reunião foi convocada para avançar nas discussões sobre a reforma tributária que o governo vai enviar para o Senado.
Preocupado com a declaração de Mantega, Hauly disse que é preciso uma reunião do ministro com os secretários da Fazenda, o mais rapidamente possível, para que eles também se preparem para enfrentar a crise.

A reunião do grupo do Confaz que trata da micro e pequena empresa foi encerrada nesta quinta-feira sem muitos progressos. Novo encontro foi marcado para quinta-feira da próxima semana.


5 comentários

  1. Revoltado
    quinta-feira, 18 de agosto de 2011 – 18:47 hs

    E o povo do Paraná estranhou as dele.

  2. Cardoso
    quinta-feira, 18 de agosto de 2011 – 18:51 hs

    E quem não estranha qualquer declaração do Mantega. É sempre uma mantegada.

  3. Euclides
    quinta-feira, 18 de agosto de 2011 – 22:14 hs

    ESSE HAULY É UM PRETENSIOSO. ESTÁ SUPERADO.

  4. AGUAVE
    sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 9:25 hs

    Caindo na própria armadilha.
    Não foi um dos artifices da micro empresa?
    Agora aguenta, cada vez que se aumenta o límite de faturamento das micro e pequenas empresas, mais e mais empresas vão saindo da esfera estadual e passam a ser de controle da legislação federal. Bela forma de defender o pacto federativo, só pensam no imediatismo, toma cego!

  5. Chiru
    sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 10:31 hs

    Fraquinho.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*