Dirceu chama de piada insinuação de que conspirou contra Palocci | Fábio Campana

Dirceu chama de piada insinuação de que conspirou contra Palocci

Do Valor Online

O ex-ministro da Casa Civil José Dirceu (PT) reagiu com indignação à matéria publicada pela revista “Veja” no fim de semana e afirmou que apoia incondicionalmente o governo da presidente Dilma Rousseff.

No sábado (27), a revista publicou que o ex-ministro do governo Lula mantém um gabinete informal em um hotel de Brasília onde despacha com parlamentares e integrantes do governo Dilma. A reportagem mostra imagens de políticos no andar do hotel onde Dirceu se hospeda, entre 6 e 8 de junho, dias que antecederam a queda do então ministro da Casa Civil, Antonio Palocci.


Em conversa com o Valor nesta segunda-feira (29), Dirceu disse que é “de morrer de rir” a insinuação de que conspirava com ministros, senadores e deputados para aproveitar-se politicamente da queda do ex-ministro Antonio Palocci, que pediu demissão no começo de junho após suspeitas em torno da evolução do seu patrimônio.

“Até as pedras sabem que eu sou governista. Pode ter alguém que apoie tanto quanto eu [o governo Dilma], mas é difícil’, afirmou. Referindo-se à matéria como “a piada do ano”, Dirceu minimizou o fato de ter se encontrado com autoridades em um andar reservado de um hotel, em Brasília.

“Isso é natural, eu tenho todo o direito de fazer política. Que eu encontro com parlamentares, com políticos, com governadores, isso é sabido. Eu viajo pelo Brasil, sou recebido, faço debates, faço palestras”, afirmou Dirceu.

O ex-ministro disse não ver nada de estranho em ter recebido ele mesmo a visita das autoridades, e não o contrário. “Por que eu não vou ao Congresso? Porque eu fui cassado. Eu só vou ao Congresso no dia em que ele me dar anistia. É o mínimo de dignidade que eu tenho que ter, já que fui vítima de uma violência jurídica. Depois que o Supremo me absolver, que eu espero que ocorra o mais rápido possível, vou pedir anistia ao Congresso”.

Dirceu contestou os métodos usados por “Veja” para obter as imagens usadas na reportagem e disse que houve tentativa de invasão do seu quarto no hotel. Ele comparou o episódio ao escândalo dos grampos feitos pelo jornal sensacionalista britânico “News of the World”, do magnata Rupert Murdoch.

“A matéria em si não diz nada. O grave é a violação da lei. O hotel já pediu uma investigação para a Polícia Civil e para a Polícia Federal. Isso é o equivalente ao que acontecia no Reino Unido, nas empresas do Murdoch”.

Procurada, a revista não se manifestou. A reportagem diz que o advogado Hélio Madalena, em cujo nome está registrado o quarto de Dirceu, “instou” a segurança a procurar a delegacia.


5 comentários

  1. jobalo
    segunda-feira, 29 de agosto de 2011 – 15:37 hs

    Bem a cara da petezada, e a dilma , não foge a regra, é a acobertadora de malandros, seguindo exemplo do sapo barbudo, onde já se viu, dar tanta autoridade pra um desqualificado , já provado , como este zé dirceu.

  2. Tic Tac
    segunda-feira, 29 de agosto de 2011 – 20:06 hs

    Esse cara não foi preso inda ?

  3. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 29 de agosto de 2011 – 20:12 hs

    Rico rí de tudo.

  4. Dizao
    terça-feira, 30 de agosto de 2011 – 11:26 hs

    Acho que a Im prensa tá dando muita importancia pra esse malako! esse nao manda mais nada

  5. jose
    terça-feira, 30 de agosto de 2011 – 20:55 hs

    se a presidenta Dilma, tesourá-lo, ela não termina o mandato, já disse que o povo tem que dar sustentação para ela. Em tempo onde estão os hipócritas dos caras pintadas?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*