Dilma repete Lula: 'Não temos de parar de consumir' | Fábio Campana

Dilma repete Lula:
‘Não temos de parar
de consumir’

Do blog do Josias –Num instante em que a economia global parece marchar para trás, rumo a 2008, Dilma Rousseff soou como Lula. Pediu aos brasileiros que consumam.

Para que o Brasil se mantenha imune à nova crise, disse Dilma, “é preciso a ação do governo, dos empresários e da sociedade.”

Prosseguiu: “Não podemos brincar, sair por aí gastando o que não temos.” Porém, de olho nas caldeiras do Mercado interno, ponderou:

“Temos que continuar consumindo o que estamos consumindo. Não temos de parar de consumir, porque não passamos por nenhuma ameaça.”

O cheiro de Lula era tão forte que um repórter perguntou a Dilma se a crise que assedia 2011 também chegaria ao Brasil como uma marolinha.

Dilma sorriu e disse que não se deixaria levar por provocações.


9 comentários

  1. Zangado
    segunda-feira, 8 de agosto de 2011 – 17:19 hs

    É apenas mais uma marolinha ….

  2. Questionador
    segunda-feira, 8 de agosto de 2011 – 17:42 hs

    -Sei, este apelo me cheira ao retorno da inflação….
    -Consumir para quem não tem dinheiro, gera apenas compras à prazo, leia-se cartões de crédito, onde os juros, todos sabem, são exorbitantes, abastecendo apenas a ciranda financeira, onde quem ganhas, todos sabem novamente, os bancos…
    -Enquanto o povo vive esta tal fase de inclusão social, comprando carro, casa, eletrodomésticos, celulares, notebooks, tudo à prazo, isso está cheirando é um grande calote…ou seja a falsa riqueza que o Lulla tanto argumentou, não passa do ouro de tolo!!!

  3. ATA DA ILHA
    segunda-feira, 8 de agosto de 2011 – 17:46 hs

    o ministro da defsa deposto esqueceu da dilma .todas treis são fraquinhas ,n ão tem pinto só grelhinhos +.-. mas o celso amorim é um baita ministroum grande homem .tchau

  4. Dizao
    segunda-feira, 8 de agosto de 2011 – 19:26 hs

    Parece a novela morde e assopra.

  5. Parreiras Rodrigues
    segunda-feira, 8 de agosto de 2011 – 20:49 hs

    Incentivo ao consumismo contradiz todas as regras que baseiam uma economia séria e que se pretende estável.

    Como Lula, difícil ouvir Dilma falar de improviso. Nenhuma segurança, coisa com coisa nem pensar.

  6. tony
    segunda-feira, 8 de agosto de 2011 – 21:28 hs

    Mas a companheira esqueceu de dizer para consumir com dinheiro próprio, e não se enterrar em financiamentos, porque os juros vão subir e bem rapidinho. Reflexo da tal crise mundial. Tony

  7. Eleição 2012
    terça-feira, 9 de agosto de 2011 – 8:32 hs

    Então minha cara Presidente, me arruma algum dinheirinho seu p/ eu poder consumir mais!

  8. Politiquinha
    terça-feira, 9 de agosto de 2011 – 9:28 hs

    Questionador. Os EUA estão prestes a dar um calote no mundo! Em que se baseia a economia americana, que tudo o que faz é financiar o sonho americano? Se vc for empresário, não aceite cartão de crédito, ou cheque, e veja seu lucro cair drasticamente.

  9. DUNGA
    terça-feira, 9 de agosto de 2011 – 11:09 hs

    NOSSA PACIÊNCIA ESTA ESGOTA-SE AO LER ESTE TIPO DE ARGUMENTO VINDO DOS TECNOCRATAS DO PLANALTO CONSUMIR CONSUMIR CONSUMIR.
    CONSUMIR COMO COM OS JUROS MAIS ALTO DO MUNDO CHEGANDO URANO.
    TENHA SANTA paciência.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*