Caterpillar confirma investimento de R$ 170 milhões no Paraná | Fábio Campana

Caterpillar confirma investimento de R$ 170 milhões no Paraná

O governador Beto Richa assinou nesta quarta-feira (10) protocolo de intenções para enquadrar um empreendimento da multinacional Caterpillar no programa Paraná Competitivo. A empresa vai investir, até 2012, cerca de R$ 170 milhões em sua unidade em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba, e criar 1.000 postos de trabalho até 2013, quando a fábrica estiver operando em plena capacidade. “Uma empresa do porte da Caterpillar traz, na esteira de seus investimentos, a possibilidade da abertura de mais indústrias de fornecedores, o que resulta em mais riquezas e empregos para o Paraná”, disse o governador.


Richa afirmou que o programa de incentivos do governo do Estado que já atraiu R$ 2 bilhões em novos investimentos para o Paraná e tem outros R$ 12 bilhões em negociação. “Paraná vive um momento de bons resultados, com 70 empresas negociando sua instalação em diversas regiões do Estado. O resultado do trabalho de atração é o anúncio de novos grandes empreendimentos toda a semana”, disse, lembrando que na última sexta-feira foi assinado protocolo com a Cargill, que vai se instalar em Castro.

A Caterpillar inicia em setembro a produção de retroescavadeiras e, no início de 2012, de carregadeiras de rodas de pequeno porte com o foco nos mercados nacional e da América Latina. O presidente da companhia no Brasil, Luiz Carlos Calil, disse que uma combinação de fatores levou à escolha do Paraná para a instalação da indústria. “Paraná é um estado muito forte, com uma forte cadeia de abastecimento e disponibilidade e investimentos para formação de mão de obra qualificada”.

O protocolo de intenções prevê, por parte da Caterpillar investimentos na preservação ambiental e na formação e qualificação dos trabalhadores, por meio da parceria com escolas profissionalizantes e institutos de pesquisa. De acordo com o presidente, a meta é contratar maior parte da mão de obra de Campo Largo e Grande Curitiba. Calil anunciou ainda a instalação de uma biblioteca no terminal de ônibus de Campo Largo, como parte da contrapartida social, que caracteriza o perfil de atuação da Caterpillar.

O prefeito de Campo Largo, Edson Basso, comemorou o bom momento que o município vive, depois de ter perdido postos de trabalho com o fechamento de indústrias em anos anteriores. “A cidade tem boa infraestrutura, investe na formação de mão de obra qualificada em parceria com a Universidade Tecnológica do Paraná”, disse.

A unidade fica na área que foi ocupada pela montadora Chrysler, desativada em 2001, e adquirida pela Caterpillar em 2010. A fábrica passou obras de reforma e expansão e está com 50 mil metros quadrados de área construída.

PARANÁ COMPETITIVO – Segundo o secretário da Fazenda, Luiz Carlos Hauly, o programa Paraná Competitivo é uma política inovadora de incentivos e isso tem contribuído para a vinda de investimentos para o Estado. O secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, reforça que o Paraná tem sido a opção dos empresários porque o governo inspira confiança.

Participaram da solenidade de assinatura do protocolo os secretários da Casa Civil, Durval Amaral, do Planejamento Cássio Taniguchi, o presidente da Copagás, Luciano Pizzatto, presidente Caterpillar Campo Largo, Otto Breitschwerdt, e a diretora de recursos humanos Caterpillar, Sueli Aparecida Agostinho. Os deputados estaduais Plauto Miro, Pedro Lupion, Ribas Carli Filho e César Silvestri Filho também estavam presentes.

CATERPILLAR BRASIL – Com fábricas em Piracicaba (SP) e Campo Largo (PR), a Caterpillar Brasil conta com 6 mil funcionários e é líder de mercado nos segmentos onde atua.

A linha nacional de produtos é composta de 40 diferentes modelos de máquinas, entre escavadeiras hidráulicas, compactadores, carregadeiras de rodas, motoniveladoras, retroescavadeiras e tratores de esteiras. Produz também grupos geradores nas faixas de 32 a 750 kVA e de 1360 ekW a 2250 ekW, ferramentas e acessórios especiais para seus equipamentos.

A empresa é principal exportadora de seu setor e a 19ª do país no primeiro semestre de 2011


2 comentários

  1. quarta-feira, 10 de agosto de 2011 – 20:12 hs

    É ISSO AI SR GOVERNADOR..PARABÉNS..O OBJETIVO É ABRIR CAMINHO, PARA QUE VENHA MAIS INDUSTRIAS AO PARANÁ…EMPREGOS,,IMPOSTOS,,DESENVOLVIMENTO…E EU LEMBRO EM UMA ENTREVISTA QUE O SR FALOU NA SUA CAMPANHA ONDE ESTAVAM PRESENTES VÁRIOS EMPRESÁRIOS, ENTRE ELES O ” ARISTIDES GIRARDI”,,QUE Á SUA PRIORIDADE SE ELEITO SERIA ABRIR ESPAÇO PARA QUE MUITAS EMPRESAS AQUI SE INSTALASSEM..PROMESSA SENDO CUMPRIDA…

  2. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 10 de agosto de 2011 – 20:26 hs

    Não sei se os amigos do Blog notaram,

    A RPC/GAZETA usa de um ardil.

    Quando é obrigada a dar uma boa notícia sobre a prefeitura ou sobre o governo estadual, COLA outra matéria “RUIM”.

    Exemplo:

    A vinda da Caterpillar, é uma boa notícia e o governo Estadual deve comemorar.
    Na cerimônia (cara de matéria paga), o Beto Richa estava presente.

    No mesmo bloco, colocaram uma entrevista do Beto, constrangido, falando sobre o Derosso.

    Do mesmo modo,
    Outro dia, quando da entrega pelo Ducci de centenas de ônibus novos,
    A mesma rede, colocou no jornal, páginas coladas, a matéria sobre os novos coletivos e os casos de acidentes com ônibus…

    Claro que não é coincidência.

    Chama-se de ‘PROPAGANDA NEGATIVA”.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*