As digitais de Delazari | Fábio Campana

As digitais de Delazari

Do Celso Nascimento na Gazeta do Povo

Quando secretário da Segurança no governo Requião, Luiz Fernando Delazari descobriu a pólvora ao afirmar, numa reunião com delegados, que impressões digitais eram fundamentais para identificar criminosos. Na ocasião, inspirado nos filmes policiais norte-americanos que costumava assistir, recomendou aos delegados que procurassem preservar cenas de crimes e que recolhessem diligentemente as digitais que pudessem ser encontradas.

Seria uma grande revolução num estado que, na sua gestão, deixava 70% dos crimes sem identificar os autores caso se, em seguida, Delazari tivesse providenciado a contratação de profissionais habilitados para lidar com digitais – no caso, os papiloscopistas, categoria e técnica pouco prestigiadas na estrutura da Polícia Científica.

Pois bem: não é que agora as digitais do ex-secretário Delazari foram encontradas entre as fontes que distribuem informações sobre uso, supostamente indevido, de aviões privados por parte do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, e de sua mulher, a chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann? Sem exatamente lançar mão do trabalho de papiloscopistas, o Palácio do Planalto executou um trabalho de engenharia reversa para, ao final, identificar o dedo de Delazari na origem das notícias.

Esta identificação pode levar à descoberta de outro envolvido: Delazari é hoje funcionário do Senado, lotado no gabinete do senador Roberto Requião, conhecido desafeto de Paulo Bernardo. Ainda recentemente, foi condenado pela Justiça a pagar indenização de R$ 100 mil ao ministro por ofensas que proferiu contra ele na “escolinha” televisiva que comandava durante seu governo. Seria o mandante?


4 comentários

  1. Questionador
    quinta-feira, 25 de agosto de 2011 – 12:29 hs

    -Olha esperar o quê desta caterva????
    -São tudo farinha do mesmo saco, que graças à Deus, saíram do Governo do Paraná….
    -O que povo deve ter feito para aguentar 8 anos a caterva da Maria Louca!!!!
    -Fim da inquisção e agora surge o renascentismo!!!!

  2. ronaldo
    quinta-feira, 25 de agosto de 2011 – 12:47 hs

    Perguntar não ofende, alguém com o mínimo de proteína na cabeça esperava algo diferente do Bob Batemann ou melhor, desse membro da thurma de improdutivos do Bolivariano do Bigorrilho ???????

  3. Tic Tac
    quinta-feira, 25 de agosto de 2011 – 12:48 hs

    Descobriu sujeiras de PB e Gleisi e daí ? não era pra descobrir ?

    É que embaixo do tapetão tá cheio ,não cabe mais nada
    Se bem que quem descobiu também deixou o rabo prá fora

    Antes tarde do que nunca e se quiserem mais falcatruas aparecerão

  4. tony
    quinta-feira, 25 de agosto de 2011 – 19:17 hs

    Como voce pode fazer uma afirmação destas? Este dublê de secretário seria incapaz de tal façanha, ainda que secundado por alguém. O cara não consegue nem andar e falar ao mesmo tempo. Tony

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*