Adesão sem restrições da bancada do PMDB a Beto Richa | Fábio Campana

Adesão sem restrições da bancada do PMDB a Beto Richa

A bancada do PMDB aderiu em peso ao governo Beto Richa. Sem dissidência, sem protesto, sem restrição. Ninguém deu ouvidos ao ex-cacique da sigla, Roberto Requião, que reagiu como de costume, lançando farpas, batendo o pé e prugando suas frstrações em baixo calão.

Todos os deputados da bancada, com exceção de Mattos Leão que está no exterior, foram ao jantar organizado por Caíto Quintana para selar o entendimento. Mattos Leão comunicou sua inteira aprovação. Beto Richa, o homenageado, compareceu ao lado dos deputados Ademar Traiano e Valdir Rossoni.

O discurso de Nereu Moura foi o mais enfático. Disse que se elegeu para ser oposição, mas mudou quando percebeu que o governo de Beto Richa tinha por ele e pelos demais deputados do PMDB grande respeito e atenção aos seus pedidos. Nisso está embutida uma crítica ao ex-governador Requião, que era do PMDB e tratava todos os deputados como se eles fossem servos da gleba.

Caíto Quintana assegurou que a disposição é a de apoiar o governo claramente, inclusive no plenário ao defender as propostas encaminhadas por Beto Richa. Valorizou o papel de líder do governo, Ademar Traiano, de quem já foi companheiro em antigas carnavais.

Alexandre Curi, que só chegou ao jantar depois de passar pela Arena da Baixada para ver o primeiro tempo do jogo do Atletico contra o Cruzeiro, disse que a disposição é de apoiar Beto Richa até 2014, o que inclui a reeleição do governador.

Depois do cordeiro assado, da picanha fatiada, da sobremesa de chocolates branco e preto, vinhos e licores, o deputado Jonas Guimarães deu show a parte em performance ao violão que toca com uma das mãos. O deputado Reinold Stephanes gravou e prometeu mostrar tudo no seu site.


3 comentários

  1. Celika do kalipto
    sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 12:59 hs

    Que partido é esse de apoiar o inimigo, vai ficar muito facil para o Beto Governar, haverá oposição, isso é ruim para atual gestão.
    Pelo jeito o PMDB acabou no paraná vai ficar a nivel nacional, só no reboque, nunca terá um Presidente do Brasil, só na vice! pense nisso filiados do MDB veio de guerra.

  2. jobalo
    sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 13:45 hs

    Bem o pmdb, sempre foi um partido de arrasto, sempre na cola pra nãao perder a boquinha, a ùnica excessão, era aui no pr e em goias, mas agora chegou aqui no paraná o pmdb , perdeu a identidade que pena pro beto eu acho bom , mas tome cuidado pois eles são muito pidões.

  3. O democrata.
    sexta-feira, 19 de agosto de 2011 – 17:22 hs

    O Poder é o Poder,só o sabe quem o tem.(Sombra)

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*