A época em que "ficar" era apenas um verbo | Fábio Campana

A época em que “ficar” era apenas um verbo

“Somos em verdade frustrados, invejosos daquilo que os jovens conquistaram sem esforço, transitando sobre nossas costas e ignorando o sofrimento que passamos no adquirir uma experiência que nos serve muito pouco”. Assim Rogerio Distefano definiu sua geração, a dos cinquentões, em meio aos jovens bombados na academia.

Crônica brilhante que mostra algumas diferenças entre o que era e o que é. Vale a pena conferir. Leia aqui, na Revista Ideias.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*