Servidores comparam demissões no governo a 'paredões' do BBB | Fábio Campana

Servidores comparam demissões no governo a ‘paredões’ do BBB

Da Folha Online

Funcionários do Ministério dos Transportes estão comparando a crise no órgão com o reality show da TV Globo “Big Brother Brasil”. Na terça-feira (19) foram seis “eliminados” e já há outros nomes escolhidos para o “paredão”, informa reportagem de Carolina Sarres, publicada na Folha desta quarta-feira.

Na pasta, em média, a cada dois dias, acontece um “paredão” e um funcionário deixa o cargo. Em duas semanas foram 12 demissões.

Ontem, o governo exonerou mais três funcionários do Ministério do Transportes –José Osmar Monte Rocha, Darcy Michiles e Estevam Pedrosa–, dois do Dnit –Luiz Claudio dos Santos Varejão e Mauro Sérgio Almeida Fatureto– e uma do Fnit (Fundo Nacional de Infraestrutura de Transportes) –Maria das Graças de Almeida.

Ainda é esperada a saída de Luiz Antonio Pagot, diretor-geral do Dnit, que está afastado do cargo, e de Hideraldo Caron, diretor de Infraestrutura Rodoviária, cujo afastamento também foi determinado pela presidente Dilma Rousseff.

O escândalo envolvendo o Ministério dos Transportes veio à tona após uma reportagem da revista “Veja”, em 2 de julho, informar que representantes do PR, partido que comanda os Transportes, e funcionários da pasta e de órgãos vinculados ao ministério montaram um esquema de superfaturamento de obras e recebimento de propina por empreiteiras.


2 comentários

  1. Jake
    quarta-feira, 20 de julho de 2011 – 22:59 hs

    Imaginem fazer um paredão tipo BBB na câmara municipal e na nossa assembléia!! Ia sobrar pouquíssima gente

  2. Salvador
    quinta-feira, 21 de julho de 2011 – 11:04 hs

    Está certo a Presidenta Dilma, coisa que o Lula deveria fazer.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*