Rossoni exige "pente fino" para as aposentadorias | Fábio Campana

Rossoni exige “pente fino” para as aposentadorias

Do Blog da Joice

O procurador-geral da Assembleia Legislativa do Paraná, Luiz Carlos Caldas, tem parentes na lista de aposentados da Casa. O nome do sogro dele, Ronaldo Baptista, aposentado como procurador, está na relação de inativos da Assembleia, disponível no portal da transparência. O nome da mulher de Baptista, Oleni Ferreira Lima Baptista, também está na lista de aposentados. O teto para o salário de procurador é de 24 mil.

Recentemente, o presidente Valdir Rossoni (PSDB) encomendou um pente-fino nas aposentadorias pagas pelo Legislativo. Caldas explicou que a procuradoria só analisa a situação desses pagamentos de forma genérica, e não casos específicos, o que foi feito por uma empresa privada contratada pelo Legislativo.

Ele disse que o papel da procuradoria é para verificar legalidade de questões atuais.

Rossoni defendeu Caldas e disse que o procurador não concedeu nenhuma aposentadoria, até porque uma empresa se encarregou do levantamento. O presidente afirmou que o procurador é de confiança.

A análise feita pela empresa Paraná Consultoria envolve trezentas e duas aposentadorias pagas pelo Legislativo. O levantamento constatou que em pelo menos 90% delas existe algum tipo de irregularidade, uma vez que foram concedidas pela Casa, em administrações passadas, sem o devido registro junto ao Tribunal de Contas do Estado. Só o TC poderá confirmar ou refutar em quais delas há irregularidades. O trabalho deve ser feito em um mês.


10 comentários

  1. jobalo
    sexta-feira, 22 de julho de 2011 – 16:16 hs

    Eu fiz eu faço, eu aconteço, sempre naq primeira pessoa, nunca usa o nós fizemos ou o nós vamos fazer, que feio né rossoni.

  2. alaor
    sexta-feira, 22 de julho de 2011 – 16:51 hs

    Duvido, este papo de pente fino já ta mais do que sucumbido, se tiver isto vai varrer inclusive este ai que não passa de um falastrão.

  3. garça do caximba
    sexta-feira, 22 de julho de 2011 – 17:46 hs

    So uma perguntinha.ninguem vai devolver essa grama.e fica assim mesmo o que adianta o MP,PF.TCU.

  4. joão
    sexta-feira, 22 de julho de 2011 – 18:50 hs

    E dai Campana? Nao vai aprovar o meu comentario? Ta demorando….

  5. gerson
    sexta-feira, 22 de julho de 2011 – 18:55 hs

    jobalo e alaor voces ou recebiam ou tinhão parente fantasma o rossoni ta dando exemplo de que ainda podemos acreditar em alguem ai vem esse tipo de gente quere critica acho que voces deveriam ficar quieto antes de falar do rossoni se ele fez alguma coisa erada e voces sabem fale oque é ou não fiquem levantando falsas suspeitas

  6. mario joao tavares
    sexta-feira, 22 de julho de 2011 – 23:18 hs

    CADE A LISTA DOS APOSENTADOS, CADE OS DEPUTADOS QUE SE APOSENTARAM COM 01 MANDATO, QUANTO É A APOSENTADORIA DA FAMILIA DO ANIBELI, CADE OS NOMES.

  7. Sem noção
    sábado, 23 de julho de 2011 – 10:16 hs

    Um deputado tão ético, o povo tem orgulho do seu trabalho e sua moral coronel Rossoni.

  8. Vigilante do Portão
    sábado, 23 de julho de 2011 – 11:40 hs

    Interessante,

    NENHUM, eu disse NENHUM Deputado, incluindo o próprio Rossoni sabia das tais aposentadorias fraudulentas?

    O Tribunal de Faz de Contas, também não sabia?

    Não foram auditadas as contas da Assembleia?

    Dezenas de colegas, funcionários públicos, para receberem a aposentadoria pela qual trabalharam a vida inteira, muitas vezes, recorrem ao judiciário.

    É um tal de não pagar isso, não pagar aquilo, descontar fator previdênciário….
    No final, acabam “tomando” 30 ou 40% do salário da ativa.

    Para os marajás da Assembleia, não tem desconto algum.
    Aposentadoria INTEGRAL e com aumento.

  9. Pedrão
    sábado, 23 de julho de 2011 – 18:25 hs

    Eu gostaria ver uma operação pente fino nas aposentadorias do Tribunal de Contas!!!!

  10. OSSOBUCO
    sábado, 23 de julho de 2011 – 18:35 hs

    Vai pedir de volta o dinheiro do filho do Traiano?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*