Barros registra em cartório compromissos para a FIEP | Fábio Campana

Barros registra em cartório compromissos para a FIEP

Ricardo Barros registrou em cartório as principais propostas para a sua gestão na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP). O documento intitulado “Principais Compromissos para o Bem da Indústria do Paraná” foi construído depois de reuniões e encontros com industriais de todas as regiões do Estado. O registro foi feito no 2º Cartório de Registro de Títulos e Documentos, em Curitiba, protocolado e registrado no microfilme de nº 1015802 e arquivado sob nº 732158.

“São compromissos para fortalecer os sindicatos e que focam nos reais interesses das indústrias do Paraná. O documento está disponível para os industriais acompanharem a evolução e a implantação de cada um deles”, disse Ricardo Barros, que é o candidato da Nova FIEP.

Entre os compromissos estão: gestão compartilhada do Sistema FIEP com os sindicatos; reforma do estatuto para o dia 28 de maio de 2012 com a proposta do fim da reeleição; impedir o uso político partidário da Federação; gestão profissional e focada em resultados no SENAI, SESI e IEL; elaboração de cursos de qualificação que atendam as demandas dos industriais; valorização do corpo funcional.

Há também o compromisso de implementar o escritório da Federação em Brasília, ampliar o relacionamento da FIEP com o poder público, a instituição de comissão eleitoral independente entre outros.

“O documento traz as linhas gerais do que queremos implantar na Federação. O compromisso de uma gestão compartilhada com os sindicatos, que são os verdadeiros donos da FIEP”, frisou Ricardo Barros.


10 comentários

  1. Bastião
    quinta-feira, 28 de julho de 2011 – 14:44 hs

    Hummm! Já vimos este filme, e sabemos qual é o seu final (triste final).

  2. Deodato
    quinta-feira, 28 de julho de 2011 – 14:46 hs

    Caro Zapata:
    Dize-me com quem andas e te direi quem és…conhece o adágio??????? Quanto custa teu passe??????
    Deodato

  3. crow
    quinta-feira, 28 de julho de 2011 – 14:48 hs

    Esse senhor que “encanou” em ser presidente da FIEP, é um tremendo oportunista. Imagino que seja ele agora o seu benfeitor, pois só assim justifica vc como seu fiel escudeiro.
    Perguntinha chata; Se ele perder vai “chutar o balde”?

  4. John
    quinta-feira, 28 de julho de 2011 – 15:04 hs

    Fabio…na boa…essa coisa de eleições da FIEP…ninguém quer saber disso…tá todo mundo careca de saber que isso tudo é politicagem…esse assunto já enxeu o saco!

  5. Jesus
    quinta-feira, 28 de julho de 2011 – 16:15 hs

    Isso é coisa de gente séria. não vi a outra chapa fazer igual ou parecido. mas é assim mesmo. o ne’gocio é se comprometer de verdade com os sindicatos filiados e com a classe industriária do Paraná. Gastar com propaganda (enganosa) não é do feitio de gente séria!

  6. Sindicando
    quinta-feira, 28 de julho de 2011 – 16:49 hs

    Se tivesse moral jamais seria cobrado para pagar compromisso de campanha. Como diz o ditado “corvo não come corvo”. Os empresários sabem onde estão pisando.

  7. jmaria fuxiqueira curitibana
    quinta-feira, 28 de julho de 2011 – 16:56 hs

    acredito que ricardo barros sera mesmo o nove presidente na fiep,chega daquela galera do cla rocha loures e PMDB,renovação já e ricardo com sua articulação politica a nivel nacional sera o vencedor o outro nome é muuito franco e nao tem força nenhuma.

  8. Rogerio Mello
    quinta-feira, 28 de julho de 2011 – 18:25 hs

    Mais uma demonstração de seriedade com que Ricardo Barros trata os assuntos que ele se envolve, foi assim nos mandados de Deputado Federal, foi assim como Secretario da Industria e Comercio, não poderíamos esperar nada mais do Senhor Ricardo Barros. Com isso quem ganha é a Industria do Paraná, os cidadãos de bem é que ganham com isso, a melhoria do setor industrial, criação de novos empregos, qualificação, estudos técnicos, melhorias a federação, apoio jurídico, diminuição da carga tributaria das empresas, ampliação dos espaços para novos empreendimentos.
    Tenho a certeza que Ricardo Barros será o novo presidente da FIEP, assim acabaria os mandos e desmandos, da chapa da situação que já reinou por muito tempo, parabens Ricardo Barros o Paraná esta com você.

  9. nereu
    quinta-feira, 28 de julho de 2011 – 20:23 hs

    O RICARDI BARROS DEVERIA ASSUMIR O

    COMPROMISSO DE EAVER O DINHEIRO

    DESVIADO PELO CARVALHINHO

    COISA Q O ROCHA LOURES NÃO FEZ
    PORQUE?????

    É DINHEIRO PÚBLICO…..SEU ROCHA

  10. Mario Dantas
    quinta-feira, 28 de julho de 2011 – 20:33 hs

    O sr Carvalhimnho vai ter devolver o roubo

    O desespero do Rocha Loures em fazer

    um sucessor de confiança, com certeza,

    tem um porque não REPUBLICANO

    Este Rocha Loures tem contas a ajustar

    com a justiça, tem sim

    só esperar…………

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*