Prefeito de Pontal do Paraná é cassado | Fábio Campana

Prefeito de Pontal do Paraná é cassado

A 194ª Zona Eleitoral impugnou o mandato de prefeito de Pontal do Paraná Rudisney Gimenes (PMDB), e seu vice, Rubens Marcelino da Veiga Gimenes devido a abuso de poder econômico durante a campanha de 2008.

A ação tramitava em segredo de justiça desde 2009, quando a coligação “A Mudança Começa Agora”, composta pelos partidos PV, PRP, PRB e PSB, protocolou o pedido de impugnação do mandato dos candidatos eleitos para seu segundo mandato. Os argumentos apresentados para justificar o pedido eram que Gimenes e Veiga teriam adquirido 1578 cestas básicas para distribuição mediante promessa de voto, além de ter utilizado expressões e cores em bens públicos como forma de promoção pessoal e propaganda eleitoral.


2 comentários

  1. James Fioravanti
    sexta-feira, 5 de agosto de 2011 – 23:09 hs

    A verdade é que existe gente muito ingrata. É incrível se houver pai de aluno em alguma das escolas costruídas por ele reclamando. As crianças tem tudo na escola, uniforme, material, ginásios de esporte, biblioteca e pasmem, até nutricionista.
    Mentiras e mentiras.
    E no fim, quem vai pagar é o povo, como sempre.
    Deixo meu muito obrigado ao prefeito Gimenes por tudo o que fez ao povo de Pontal do Paraná.
    Um pontalense.

  2. Giancarlo Roger
    segunda-feira, 5 de dezembro de 2011 – 10:32 hs

    É uma vergonha um pai achar que a educação deste município está indo bem. Sou professor concursado ha 25 anos. Ja trabalhei do pre à universidade e com o direito que a experiencia profissional me confere, aliada à condição de pai de aluno em idade escolar, digo que a escola publica municipal de nossa Pontal do Parana vai de mal a pior. O cidadão qno fim, quem vai pagar é o povo, como sempre.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*