Paulo Bernardo e Caron têm o mesmo discurso sobre o Dnit | Fábio Campana

Paulo Bernardo e Caron têm o mesmo discurso sobre o Dnit

Demitido da diretoria de Infraestrutura Rodoviária, o petista Hideraldo Caron, apontado pelo TCU como implicado em dezenas de obras problemáticas (superfaturamento, aditivos suspeitos), classificou como “muito pequeno” o nível de irregularidades no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

É esta, praticamente palavra por palavra, a linha de argumentação do ministro Paulo Bernardo. Ele diz que é “quase impossível” que não haja problemas no Dnit, pelo orçamento rechonchudo do órgão, que será de quase R$ 14 bilhões neste ano. “Você supor que não tem nenhum problema é quase impossível, o Tribunal de Contas da União tem seguidamente apontado problema no governo, e é assim que vai continuar sendo feito”.

Essa tese da suposta normalidade do Dnit, interrompida aqui e ali por irregularidades inevitáveis em meio ao gigantismo não convence especialistas em finanças públicas. Eles observam que, em todo o País, o Dnit tem 23 superintendências e pelo menos 15 delas, dois terços do total, apresentam problemas como corrupção, superfaturamento de obras, fraude em licitações e tráfico de influência.

As denúncias mais graves atingem os Estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, alvos de investigações no Tribunal de Contas da União (TCU), Ministério Público, Controladoria Geral da União (CGU) e Polícia Federal.


8 comentários

  1. antipt
    segunda-feira, 25 de julho de 2011 – 16:25 hs

    Alei 8112 existe para quê então. Ninguém é punido neste governo o que fazem é roubar, roubar e dizem que é muito pequeno o nivel de irregularidades??? Deixem de ser ladrões.FORA PT, VOCE NÃO PRESTA.

  2. Laila
    segunda-feira, 25 de julho de 2011 – 16:56 hs

    Sim…”pequenas irrgularidades”, claro.
    Alguns poucos bilhões desviados.
    Coisinha de nada.
    Deviam até receber um diploma de Pequeno Corrupto por roubarem tão pouco.

  3. marcos
    segunda-feira, 25 de julho de 2011 – 18:47 hs

    Está legalizada a roubalheira!!!
    Viva os ptralhas novos burgueses e ladrões.

  4. PARANÁ
    segunda-feira, 25 de julho de 2011 – 19:42 hs

    ESSE PESSOAL QUE QUER CASSAR O PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE CURITIBA, DEVERIAM INICIAR UM MOVIMENTO PARA TIRAR OS POLÍTICOS CORRUPTOS NO ÂMBITO NACIONAL, MAS DE TODOS OS PARTIDOS. PRINCIPALMENTE ESSES ENVOLVIDOS COM O MINISTÉRIO DO TRANSPORTE.

  5. Divanir
    segunda-feira, 25 de julho de 2011 – 20:29 hs

    Até parece que roubar é coisa normal para estas pessoas, o normal é ser honesto, quem pensa desta forma jamais deveria fazer parte de um governo, e se a presidente Dilma tiver um pouco de juízo, só por esta declaração já deveria demetir o seu Paulo Bernardo.

  6. segunda-feira, 25 de julho de 2011 – 20:48 hs

    Este é o Pt no Brasil

  7. Pedro Malazartes
    segunda-feira, 25 de julho de 2011 – 23:57 hs

    uMm meio de confrontar declarações de partes envolvidas: os interrogatórios em separado seguidos de acareação.

  8. Maria Eduarda
    terça-feira, 26 de julho de 2011 – 10:30 hs

    Na verdade está tudo normal mesmo, seria ANORMAL se a turma do PT e do PR não estivessem desviando recursos públicos. O sr. dos Anéis tem toda razão em fazer tais afirmações, afinal de contas o povo ignorante deste país já se acostumou em trocar seus votos pelas migalhas de Bolsas alguma coisa, já nem ligam mais pois são nove anos de pura sacanagem.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*