Guimarães diz que não vê ilegalidade na eleição de Maurício Requião | Fábio Campana

Guimarães diz que não vê ilegalidade na eleição de Maurício Requião

O presidente do Tribunal de Contas do Paraná, Fernando Guimarães, entrevistado do quadro Olho no Olho com Joice Hasselmann, reafirma que não vê ilegalidade na eleição de Maurício Requião para o TCE.

“Não mudo minha posição. Não há nepotismo no caso. A escolha de Maurício Requião foi feita pela Assembleia Legislativa e não pelo Governador Roberto Requião” – afirmou ele. “Mas não vou questionar as decisões do Supremo (Tribunal Federal). Vou apenas cumprir as decisões.”


11 comentários

  1. Dexter
    segunda-feira, 11 de julho de 2011 – 12:05 hs

    O cabelinho tem razão.

  2. marcos
    segunda-feira, 11 de julho de 2011 – 12:16 hs

    Guto, que decepção!!! Eu punha fé em você por te conhecer dos tempos do “haras”, mas eu acho que você tá dando milho pra bicicleta.

  3. Joacir
    segunda-feira, 11 de julho de 2011 – 13:11 hs

    A escolha de Maurício Requião foi feita pela Assembleia Legislativa e não pelo Governador Roberto Requião”

    HAHAHAHAHAHAHAHA

  4. Manoel
    segunda-feira, 11 de julho de 2011 – 13:27 hs

    Que confusão esse Rossoni foi arranjar hein!

  5. Sebastião Bento dos Santos
    segunda-feira, 11 de julho de 2011 – 13:28 hs

    Dr. Fernando Guimarães ?????? Depois dessa vou mandar um pedido ao Supremo que acabe com os cursos de direito no Brasil essa não dá pra engolir.

  6. Fernando Guimarães
    segunda-feira, 11 de julho de 2011 – 13:41 hs

    Marcos, sinto lhe decepcionar, mas apenas sou coerente com o que penso, no plano jurídico – não no político.
    Também disse na entrevista que não concordo com o modelo atual de indicações, que depende de revisão da Constituição Federal.
    Mas a regra é essa, se o Governo do Estado tem força na Assembléia para forçar ou impor uma indicação, temos que mudar o quadro político-constitucional.

  7. ivanowski
    segunda-feira, 11 de julho de 2011 – 15:44 hs

    . COMO Ñ VÊ ILEGALIDADE??? Ñ tem nepotismo??? Quem indicou o M Requião? Quem pediu p/ os Deputado votarem nele???

    E por aí vai … cabelinho …

  8. Divanir
    segunda-feira, 11 de julho de 2011 – 18:57 hs

    Amigo de Requião, só pode analizar o quadro desta forma!
    Só por ser irmão do Bob, gvernador da época, basta pra se tratar de nepotismo. No TC tem que ter gente qualificado e não servir como cabide de emprego.

  9. OSSOBUCO
    segunda-feira, 11 de julho de 2011 – 19:40 hs

    Joacir, vc que dizer qua a escolha do Bonilha foi feita pela Assembleia Legislativa e não pelo Governador Richa?

    HAHAHAHAHAHAHAHA

  10. PARNANGUARA
    terça-feira, 12 de julho de 2011 – 12:48 hs

    FORA!

  11. Analista
    terça-feira, 12 de julho de 2011 – 22:21 hs

    Só muda os personagens, a vergonha é a mesma!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*