Governo tenta esfriar tom do depoimento de Pagot | Fábio Campana

Governo tenta esfriar tom do depoimento de Pagot

De Catia Seabra na Folha de S.Paulo

O governo montou estratégia para impedir que o depoimento do chefe afastado do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), Luiz Antonio Pagot, seja explosivo.
A pedido do Planalto, aliados de Pagot e dirigentes do Ministério dos Transportes alertaram que ele será corresponsabilizado caso faça acusações hoje no Senado.


A Folha apurou que, além do PR, técnicos do governo o procuraram para pedir serenidade e avisar que qualquer arroubo será um tiro no pé. O senador Blairo Maggi (MT), que o indicou ao Dnit, também foi recrutado.
Para conter Pagot, líderes aliados admitiram até sua permanência no cargo.
Apesar do esforço, o Planalto teme que ele perca o controle sob pressão da oposição. Até porque o próprio PR manteve ontem o tom de ameaça. Descontente com a escolha do novo ministro dos Transportes, a sigla poderia incentivar Pagot a falar.
Blairo disse que Pagot tem “na cabeça” tudo o que acontecia no Dnit e que todas as elevações no valor de obras estão registradas.
Embora repetisse que o governo não tem o que temer, o senador deixou claro que Pagot dividirá responsabilidades pela execução de obras.
“Ninguém pode decidir sozinho. É uma questão de governo. Não adianta tirar a responsabilidade das pessoas ou fugir de responsabilidade. Tudo que foi feito em termos de obras, de incluir mais, está escrito em algum lugar.”
Pagot negou ter sido pressionado por Blairo: “Ele perguntou se eu estava preparado para o depoimento, mas me deixou bem à vontade.”
O senador disse que Pagot não citará nomes no depoimento, mas terá “a oportunidade de mostrar como as coisas funcionam”.
“Não se trata de levantar dedo para um ou para outro. Não creio que seja isso, nem espero que seja isso”.
(CATIA SEABRA)


4 comentários

  1. KAROÇO
    terça-feira, 12 de julho de 2011 – 9:28 hs

    QUER DIZER SE TEM TODA ESSA PRASSÃO SOBRE PAGOT,É PORQUE O GOVERNO TEM O RABO PRESO SIM.PAULO BERNARDO E GLEISI HOFFEMAN ESTÃO ENVOLVIDOS ATÉ O PESCOÇO NESSA SACANAGEM.ALIAS ESSA TURMA DO PT SÃO UM BANDO DE EGOÍSTA SÓ PENSAM NELES E NADA MAIS.NÃO PENSAM NA NAÇÃO,NÃO SÃO NENHUM POUCO PATRIOTAS.DEVIAM TER VERGONHA NA CARA E IR EMBORA DESSE PAÍS.EU CIDADÃO BRASILEIRO TENHO NOJO DESSA GENTE SAFADA E HIPÓCRITA.TODO DIA É DESVIO DE VERBA,TODO DIA E SUPERFATURAMENTO,TODO DIE É FAVORECIMENTO.O GOVERNO PENSA QUE O POVO É IDIOTA,NÃO SABE.O GOVERNO SABE QUE SE ESSE PAGOT FALAR A VERDADE E O QUE REALMENTE ELE SABE,ELE DERRUBA O PAULO BERNARDO E A GLEISI NUMA TACADA SÓ.MAS COMO ESTOU PERCEBENDO ELE SERA O BOI DE PIRANHA DO CASAL VINTE.ISSO PARA MIM CHAMA-SE FALTA DE PERSONALIDADE,DE VERGONHA NA CARA,FALTA DE BRIOS.

  2. terça-feira, 12 de julho de 2011 – 9:35 hs

    UFA ! governo respira aliviado, conseguiu controlar Pagot.
    Governo comemora. Conseguiu controlar Pagot(Claudio Humberto)
    E A SUJEIRA NO GOVERNO PETISTA CONTINUA.

  3. BOCUDO
    terça-feira, 12 de julho de 2011 – 10:06 hs

    A TROPA DE CHOQUE DO GOVERNO ESTA TIRANDO AS MANGUINHAS DE FORA, ESTÃO PRESIONANDO, PRESIONANDO, PRESIONANDO…..ATÉ ACABAR COMO O CASO DO CELSO DANIEL EM CAMPINAS.

  4. Parreiras Rodrigues
    terça-feira, 12 de julho de 2011 – 11:21 hs

    Puxa vida…e pensar que por muito, mas muito menos que isso, Collor foi pro saco.

    Amigos petistas, petistas sérios, revejam suas filiações.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*