Gleisi Hoffmann sob fogo cerrado | Fábio Campana

Gleisi Hoffmann sob fogo cerrado

As credenciais técnicas de Gleisi Hoffmann para ocupar um posto chave no Ministério de Dilma Rousseff foram questionadas por causa da polêmica em torno da fusão entre o Pão de Açúcar e o Carrefour. Em entrevista no Palácio do Planalto Gleisi garantiu que a participação do BNDES na fusão do Pão de Açúcar e Carrefour (R$ 4 bilhões) “não tem recurso público envolvido, nem FGTS, nem Tesouro. É uma ação de mercado realizada pelo BNDESPar e não tem nada a ver com decisão de governo”.

Diversos veículos de imprensa, entre eles o site da revista Veja, questionaram o raciocínio. “O BNDESPar é um braço do BNDES que tem como principal financiador o próprio banco o controla. E o BNDES se financia com recursos do Tesouro Nacional, que tem como fonte única os impostos pagos pelos cidadãos e o endividamento com títulos públicos. Nada é mais público do que isso”, disse o site da revista.

A suposta incapacidade de Gleisi de entender os rudimentos das finanças públicas foi para a berlinda quando ela comandou, como senadora, a votação no Senado que triplicou o valor pago ao Paraguai pela energia de Itaipu. A conta passou de US$ 120 milhões para US$ 360 milhões ao ano.

Indagada se esse aumento brutal no custo da energia não iria provocar impactos na conta de luz dos brasileiros, Gleisi afirmou que “não vai impactar a tarifa porque o Tesouro brasileiro vai pagar”. O jornalista Augusto Nunes ironizou. A frase sugere a crença que o Tesouro alcançou autonomia e se tornou uma entidade lucrativa.


13 comentários

  1. antonio francisco da silva
    sexta-feira, 1 de julho de 2011 – 14:35 hs

    ora,ora o Que a Gleisi tem com isso? Estão pensando que eu sou bobo?

  2. ivanowski
    sexta-feira, 1 de julho de 2011 – 14:35 hs

    . Se ñ sabe e ñ conhece s/ finanças públicas, POR QUÊ fala?
    . Pra aparece, só …
    . Coisa vergonhosa essa do Paraguai.

    . E ainda tem gente ( só pode ser do PT ) que acha ELA ‘TRATORAÇO’.. .
    . Onde????
    . Que piada.

  3. Heraclito
    sexta-feira, 1 de julho de 2011 – 14:43 hs

    sempre achei a gleisi completamente despreparada para o cargo. a prova está aí. confunde alhos com bugalhos e bagulhos.

  4. Questionador
    sexta-feira, 1 de julho de 2011 – 15:16 hs

    -È de se estranhar a aprovação do aumento da tarifa de energia vinda de Itaipu e paga ao Paraguai. Mas não podemos esperar alguma coisa boa em relação a assuntos internacionais.Desculpe-me os petistas, mas perdemos uma refinaria da Petrobrás para a Bolívia, que não poupou esforços para aumentar a tarifa de gás para o Brasil, fora outras ações perdidas para outros países. Sinceramente, o Brasil perdeu o pouco respeito que tinha frente aos demais países!!!
    -Agora financiar a fusão entre Pão de Açúcar e Carrefour com dinheiro público….é pra fechar o baile…
    -Este é o primeiro teste real para a Senadora Gleisi.

  5. makro
    sexta-feira, 1 de julho de 2011 – 16:55 hs

    Essa é mais uma emergente da oportunidade surgida, nunca fez nada, nunca foi nada, pegou a carruagem andando;

  6. Borduna
    sexta-feira, 1 de julho de 2011 – 17:12 hs

    E pensar que o Paraná a elegeu senadora quando haviam melhores opções….

  7. Luiz
    sexta-feira, 1 de julho de 2011 – 17:37 hs

    Eu esperava pelos tropeços, mas ñão pensava que ia ser tão logo e por uma questão tão primária. Estamos “maus”…

  8. Van Halen
    sexta-feira, 1 de julho de 2011 – 18:29 hs

    Alguem precisa urgentemente prestar assessoria a ministra. Falta-lhe o mais complexo dos atributos de um especialista: conhecimento!

  9. Liberal
    sábado, 2 de julho de 2011 – 1:20 hs

    Em ambos os casos, os argumentos da ministra são tão absurdos que chego a pensar se não é a velha estratégia usada pelo pt diante dos escandalos, onde escolhe-se falar um absurdo qualquer – que poderá ser questionado por poucos – mas que, com certeza sera aceito por muitos. Afinal, semana que vem não se fala mais nisso.

  10. Liberal
    sábado, 2 de julho de 2011 – 1:34 hs

    Se for isso, significa que ela abre mão do seu julgamento próprio em detrimento de alguma “orientação que vem de cima”. Como a Dilma também vem fazendo isso (repetidas vezes) ultimamente, posso concluir que as duas não governam coisa nenhuma…

  11. Alberto
    sábado, 2 de julho de 2011 – 9:37 hs

    Pensei que o ministério de Lula era o fundo do poço. Vejo que o buraco é mais embaixo. Gleisi e Ideli são a vanguarda do atraso e do despreparo.

  12. Roberto
    sábado, 2 de julho de 2011 – 12:14 hs

    E agora, José…

  13. Carlos Santos
    sábado, 2 de julho de 2011 – 16:04 hs

    A surfista loirou!!! Sem o cumpadre por perto as coisas ficam complicadas…Eu ouvi o tamanho da besteira, essa senhora construiu uma, imagem de gestora pública que não é verdadeira, por favor parem de enganar. O que ela e o esposo sabem bem, e todo o PT, é ficarem bem pertinho do Orçamento…

    Quem os conheceu nos encontros do PT dos anos 80 e 90 podem muito bem falar disso.

    O casal e os amigos enricaram!!!

    O Rosinha fica bem quietinho, o cueca de croche!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*