Escândalos ainda incomodam casal de ministros | Fábio Campana

Escândalos ainda incomodam casal de ministros

O tsunami de escândalos no Ministério dos Transportes ainda não terminou e os incômodos ao casal ministerial, Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo, não estão completamente superados. A revista IstoÉ da semana traz revelações. Mostra, por exemplo, que o novo ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, pode ser tudo, menos um inocente que nada sabia sobre os subterrâneos do Ministério onde tinha um cargo chave. A matéria fala muito sobre a empreiteira Sanches e Tripoloni, que doou R$ 510 mil para a campanha ao Senado de Gleisi Hoffmann.

Já a revista Veja revela os bastidores da história de como foi amansado o diretor do Dnit, Luiz Antonio Pagot, que ameaçava tudo e todos, inclusive o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. Bernardo, segundo os vazamentos de Pagot, antes de seus depoimentos no Senado e na Câmara, seria, na condição de ministro do Planejamento, o homem chave na questão dos aditivos e acertos com as empreiteiras. Nos depoimentos, Pagot afinou. Veja conta o que teria acontecido:

“As ameaças [de Pagot] mobilizaram o governo. O ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria-Geral da Presidência, foi incumbido de demover Pagot de qualquer ideia extremista. Também vítima de insinuações maldosas por parte dos republicanos, o ministro Paulo Bernardo, das Comunicações, passou a defender a permanência de Pagot até que as denúncias de superfaturamento e cobrança de propina fossem devidamente esclarecidas. Apesar da determinação da presidente Dilma de afastar imediatamente toda a cúpula do ministério, Pagot era o único dos envolvidos no escândalo que continuava formalmente vinculado ao governo. Por fim, o diretor do Dnit, de férias, recebeu a garantia de que não haveria investigações pontuais contra ele. Satisfeito com as conquistas, Pagot, a fera enjaulada, apareceu no Congresso manso feito um gato.”


6 comentários

  1. Dizao
    domingo, 17 de julho de 2011 – 14:27 hs

    Ainda bem que a doação foi para a campanha de Dilma, a Empresa esta blindada

  2. OSSOBUCO
    domingo, 17 de julho de 2011 – 16:27 hs

    Não adianta a imprensa chapa branca tentar atrapalhar o apoio deles ao Fruet.
    É só ver como o Fruet já está sendo atacado.
    Não adianta, o PSDB já era.

  3. dilmia
    domingo, 17 de julho de 2011 – 22:26 hs

    casal unido mais dificil de descobrir os desviu de dinheiro
    mas se for envestigado tem muta sugeira debaixo desse tapete de santo não tem nada mt ja deu desvio de dinheiro
    no governo zeca do PT se for investigada a ITAIPU do sameque vcs vau descobrir muita coisa por ali sorte que nos temos a midia pra nos defender

  4. Geraldo
    domingo, 17 de julho de 2011 – 22:31 hs

    essa dupla está cada vez mais enrolada.

  5. anonimo
    segunda-feira, 18 de julho de 2011 – 9:09 hs

    OSSOBUCO, SE LIGA O ASSUNTO É OUTRO.

  6. Tonho
    segunda-feira, 18 de julho de 2011 – 12:28 hs

    Tem muito inocente atacado por culpados. Nada foi mostrado até agora!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*