Eleição da FIEP tem no mínimo 30 votos em jogo | Fábio Campana

Eleição da FIEP tem no mínimo 30 votos em jogo

A análise fria das duas chapas que concorrem à FIEP comprova que a disputa na Federação está aberta e que ainda existem no mínimo 30 votos em jogo. Um cenário muito diferente do divulgado pela turma da situação liderada por Rocha Loures, que cantou aos quatro ventos o apoio de 95 sindicatos.

O exame dos integrantes de cada uma delas mostrou que a situação, mesmo em campanha há mais de 7 meses, conseguiu a indicação de industriais de 38 sindicatos para participar somente da sua chapa. Enquanto isso, em menos de 3 dias, a oposição liderada por Ricardo Barros montou sua chapa com 31 sindicatos “exclusivos”.

Ao considerar que esses 69 votos estão comprometidos, restam 30 votos em disputa. Desses, 11 possuem industriais nas duas chapas e 19 sindicatos não indicaram nomes para nenhum dos lados.

Agora resta saber faltando 17 dias para a eleição quem tem mais poder de fogo para atrair os votos em disputa. A situação de Edson Campagnolo e Rocha Loures ou a oposição de Ricardo Barros e Beto Richa.

Façam suas apostas.


2 comentários

  1. Sindicando
    segunda-feira, 18 de julho de 2011 – 14:08 hs

    Previsão do resultado final:
    Ricardo Barros 18
    brancos 4
    nulos 2
    Campagnolo 75

  2. de olho
    segunda-feira, 18 de julho de 2011 – 15:41 hs

    RESULTADO FINAL:
    PRA VALER

    RICARDO BARROS 55
    CAMAGNOLO 30
    BRANCOS NULOS
    E AUSENTES 15

    PODE ESCREVER COM APOIO DO BETO RICHA E A HABILIDADE DE RICARDO BARROS O RESULTADO VAI SER ESTE, E QUEM GANHA VAI SER A FIEP.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*