Depois de render os funcionários, assaltantes vendem pão para clientes | Fábio Campana

Depois de render os funcionários, assaltantes vendem pão para clientes

Denise Mello e Antonio Nascimento da Banda B

Sem pressa e com bastante ousadia. Assim agiram dois assaltantes na manhã desta segunda-feira (18) na Panificadora Trigo de Ouro, na Avenida dos Estados, no bairro Água Verde, em Curitiba. Os dois homens não só renderam os funcionários, como também um deles assumiu o papel de vendedor e atendeu clientes, enquanto a dupla aguardava a chegada do dono do estabelecimento.

O assalto começou por volta das 7h15. Marcos Gildo dos Santos, 32 anos, e Julio César da Silva Gonçalves, 38 anos, entraram no estabelecimento armados e renderam primeiro o funcionário que atendia o balcão. Em seguida, renderam também o padeiro e seu auxiliar e amarraram os três. Eles ficaram deitados com sacos sobre a cabeça enquanto os marginais agiam.

Segundo a polícia, o interesse dos dois era esperar a chegada do dono da panificadora, que mora no mesmo prédio, para invadir a casa dele e roubar dinheiro e outros pertences. Enquanto isso, um deles vestiu o jaleco branco do funcionário e foi para o balcão vender pães. Ficou fingindo ser vendedor durante quase uma hora. Testemunhas disseram que ele agiu normalmente, inclusive dando troco aos clientes.

Depois de algum tempo, o dono da padaria estranhou o silêncio e viu pela janela os três funcionários. Ele chamou a polícia. Mas antes, alguns clientes estranharam algumas atitudes suspeitas do falso funcionário e avisaram policiais do 2º Batalhão de Eventos que passavam pelo local. Os policiais entraram na padaria, prenderam os assaltantes e libertaram os funcionários sem ferimentos.

Um dos assaltantes, o Marcos dos Santos, estava de portaria da Colônia Penal Agrícola de Piraquara; ou seja, havia saído com autorização no final de semana para visitar a família e deveria retornar hoje.

Os dois ladrões foram presos em flagrante e encaminhados para o 2º Distrito Policial de Curitiba.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*