Curitiba é palco da Marcha das Vadias | Fábio Campana

Curitiba é palco da Marcha das Vadias

Da Agencia Estado

Aconteceu na manhã de hoje em Curitiba (PR) a Marcha das Vadias. A manifestação começou por volta das 12h na capital paranaense e, segundo informações da Polícia Militar (PM) do Estado, a passeata foi tranquila e nenhuma ocorrência foi registrada. A Polícia não soube informar o número de participantes.

O percurso de cerca de 1 km teve início do Passeio Público e terminou na Boca Maldita. No final da marcha houve um piquenique, segundo a PM. O grupo protestou contra a culpa da mulher em casos de violência sexual.

A Marcha das Vadias já foi realizada em vários Estados brasileiros, incluindo São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Brasília.


8 comentários

  1. Prof. Dimas
    sábado, 16 de julho de 2011 – 18:56 hs

    Xiiii na Marcha dos Corruptos vai faltar espaço….

  2. NORTE DO PARANA
    sábado, 16 de julho de 2011 – 19:21 hs

    Viva a mulherada, toda mulher é linda.

  3. Dizao
    sábado, 16 de julho de 2011 – 20:41 hs

    acho que todos os segmentos, deveriam , organizar uma marcha contra a corrupção, seria mais útil

  4. Olívia
    sábado, 16 de julho de 2011 – 22:37 hs

    Foram 200 pessoas, segundo a imprensa.
    125 curiosos, incluindo homens e gays.
    46 que estavam passando por ali e não sabiam do que se tratava mas entraram no tumulto pra ver se estavam distribuindo algo grátis.
    21 que estavam voltando da balada e aproveitaram as roupitas.
    5 mulheres (acho) carregando faixas e cartazes (não sei se eram daqui ou de fora).
    2 vendedores de água, refrigerante e amendoim.
    E o Veneri.

    Eu disse pra não fazer essa marcha das vadias de manhã. Manhã de sábado foi feita pra dormir.

  5. salete cesconeto de arruda
    sábado, 16 de julho de 2011 – 22:38 hs

    Havia mais de 1000 pessoas quando a marcha contra o abuso, o estupro e a violência contra as mulheres chegou na boca maldita.
    Desta vez nenhum jornal ou fotógrafo teve a coragem de DISTORCER IMAGENS DE MULHERES que mostraram seus SAGRADOS CORPOS. Talvez alguns que puxam saco de políticos malandros tenham aprendido que usar o corpo para lutar contra a violência é um DIREITO SAGRADO. Talvez tenham aprendido que dar manchete FALSA e DISTORCER fotografias é CRIME como fizeram quando fiz o meu primeiro protesto para salvar as árvores e denunciar a TROCA DE ÁREA VERDE POR REFORMA – QUE NÃO EXISTIU – EM JAULAS DE MACACOS.
    Parabéns a todos da imprensa que cumpriram seu papel entendendo o recado: chega de machismo pois ser MACHISTA é o que de mais burro existe já que familiares e os próprios homens também acabam vítimas dessa cultura distorcida. Se mulher é agradida por USAR O CORPO DA FORMA QUE MELHOR LHES CONVIER muitos homens que se dizem machos não passam de ESCRAVOS de patrões e de seus míseros salários.
    Há que ter peito para sair nas ruas de Curitiba machista e injusta com seus pobres quase todos expulso para as violentas periferias.
    Há que ser homem para não distorcer títulos, notícias e fotos de quem luta pelos DIREITOS HUMANOS de todos os Curitibanos, Brasil, mundo…
    HÁ QUE SE TER CORAGEM DE COLOCAR A CARA E O CORPO NA DEFESA DE TODOS OS MAIS FRÁGEIS. E isso pucos fazem quando se trata de Curitiba não é verdade?
    Obrigada Fábio por me permitir entrar na tua casa e desta vez não ver meu corpo e manchete sobre meu protesto DISTORCIDOS.

  6. M.A.S
    domingo, 17 de julho de 2011 – 1:21 hs

    Que mal gosto
    Os maridões de plantão que se cuidem.

  7. Borduna
    domingo, 17 de julho de 2011 – 6:16 hs

    Eles são felizes por não terem nascido em país muçulmano…estariam de burca.

  8. tngdrf
    domingo, 17 de julho de 2011 – 11:51 hs

    O fim do machismo no mundo. Viva o mulheringo. Viva a liberdade de expressão. O que temos não são machões e sim covardões.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*