Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural é reativado em SJP | Fábio Campana

Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural é reativado em SJP

Foto: João Fernandes

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural (CMDR) de São José dos Pinhais volta com força total. A primeira reunião do órgão após sua reativação ocorreu na última sexta-feira (1º), quando também foi realizada a eleição para a escolha da diretoria.

“A reativação era uma reivindicação dos agricultores que participaram da 1ª Conferência Municipal de Desenvolvimento Rural, organizada pela Prefeitura em abril de 2010”, explica o secretário de Agricultura e Abastecimento Pedro Persegona. Ainda durante a conferência houve o pedido da criação do Fundo Municipal de Desenvolvimento Rural.

A reivindicação foi atendida pelo Poder Executivo, que encaminhou projeto de lei para a Câmara de Vereadores. A lei nº 1736/2011 foi aprovada e sancionada pelo prefeito em maio deste ano. Além da criação do Fundo, a lei estabelece ainda a Conferência Municipal de Desenvolvimento Rural e acresce dispositivos na lei nº 390/2003, que trata do CMDR.

Formado por 16 membros titulares e seus respectivos suplentes, o CMDR é um órgão de caráter consultivo e deliberativo, que visa contribuir nas diretrizes de construção da Agropecuária Municipal. Oito dos seus membros representam a área rural, Sindicato Rural, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Emater; os demais membros representam o Poder Público (Meio Ambiente, Assistência Social, Saúde, Educação, Trabalho e Emprego, Indústria, Comércio e Turismo, Habitação, além da secretaria de Agricultura e Abastecimento, da qual seu titular é membro nato).

A nova diretoria do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural tem como membros: Alberto Setnarski (presidente), Valdir Luiz Holtman (vice-presidente), Paulino Nogueira Magalhães (1º secretário), Bráulio Vargas (2º secretário) e João Teixeira (secretaria executiva).

O presidente eleito expressou a vontade em realizar um trabalho sério, voltado ao fomento da agricultura familiar. “Gostaria que todos se sentissem representantes. Tragam sugestões, pois agora temos um caminho para percorrer”, disse.

“A participação dos conselheiros e membros nas reuniões é fundamental para o sucesso do Conselho”, afirmou Persegona.. As reuniões ordinárias serão realizadas sempre na 1ª terça-feira de cada mês, às 14h, na sala de reuniões da Clac.

Fotos: João Fernandes


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*