Caso Pagot opõe Gleisi e Carvalho | Fábio Campana

Caso Pagot opõe Gleisi
e Carvalho

Foto: Folhapress

de Vera Magalhães da Folha.com

A solução que a presidente Dilma Rousseff der à situação funcional de Luiz Pagot, diretor-geral do Dnit oficialmente em férias, será emblemática de como ela pretende arbitrar as divergências entre os ministros “de Lula” e aqueles que trazem a sua própria chancela.

Desde que estourou a crise no Ministério dos Transportes, a Casa Civil tem informado que, a despeito de estar de férias, Pagot será definitivamente demitido quando voltar.

Quando o diretor deu entrevista a este blog reiterando que tinha saído de férias por orientação da pasta, a assessoria da ministra se apressou em desmenti-lo e em deixar claro que ele seria afastado definitivamente tão logo voltasse.

A Secom, da Presidência, também anunciou aos jornalistas que cobrem o Palácio do Planalto que o afastamento viraria demissão tão logo o período de descanso acabasse.

Começou aí uma série de ameaças do diretor do Dnit, tendo Gleisi e o também ministro Paulo Bernardo (Comunicações) como alvos. Depois, os ânimos foram apaziguados pelo padrinho de Pagot, o senador Blairo Maggi (PR-MT), e ele fez dois depoimentos contidos em comissões do Congresso.

Tão logo mostrou disposição de colaborar, Pagot passou a ser defendido enfaticamente pelo também ministro Gilberto Carvalho, titular da Secretaria Geral da Presidência e o assessor de Dilma mais próximo de Lula.

“Até agora, a única pessoa contra quem não apareceu nenhuma denúncia efetivamente é o Pagot”, afirmou ao jornal Valor na sexta-feira, antes da publicação, pela Folha, nesta segunda-feira, de novas revelações envolvendo o diretor do Dnit.

Resta saber como Dilma vai arbitrar a disputa na cozinha do Palácio. As férias de Pagot, a propósito, terminam em 5 de agosto.


6 comentários

  1. segunda-feira, 18 de julho de 2011 – 19:26 hs

    18/07/2011 às 17:51

    Transportes, Pagot, a flor da moralidade e o pântano. Ou:

    Não gostam do governo Dilma, mas do prazer que ele proporciona

  2. Borduna
    segunda-feira, 18 de julho de 2011 – 19:43 hs

    Não entendi por que esperar a volta das férias? Manda bala Gleise…

  3. Dizao
    segunda-feira, 18 de julho de 2011 – 19:50 hs

    Esse Pagot, teria que ser demitido no ato, sendo secretario de transporte, nao necessita, esperar o descanso acabar, para ser demitido.

  4. BOCUDO
    terça-feira, 19 de julho de 2011 – 9:36 hs

    A GLEISE É PAU MANDADO DO BERNARDO, O GILBERTO FAZEM 10 ANOS QUE ESTA NO GOVERNO E TAMBÉM É UM COME E DORME.

  5. Mírian Waleska
    terça-feira, 19 de julho de 2011 – 14:43 hs

    Querem apostar que no final das referidas “ferias” ela vai arrumar um atestado médico? Desapega Pagot….

  6. tony
    terça-feira, 19 de julho de 2011 – 19:10 hs

    O nome do cara já diz tudo Pago(t). Na verdade é um pouco diferente, será que ele só Pago(t) ou recebeu algumzinho também? Tony

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*