Bernardo acredita em entendimento entre PT e PR | Fábio Campana

Bernardo acredita em entendimento entre
PT e PR

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, acredita que apesar das divergências entre o PT e o PR sobre a condução da crise no Ministério dos Transportes, pelo governo, os dois partidos devem dialogar no Congresso Nacional e chegar a um entendimento. As informações são da Agência Estado.

Bernardo, que participou nesta quinta (21) do programa “Bom Dia Ministro”, na sede da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), disse que não está autorizado a falar sobre a relação entre o governo e o Congresso, o que cabe à ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti.

Ele também comentou que a presidente Dilma Rousseff está trabalhando no sentido “de fazer as coisas andarem direito”, destacando as providências já tomadas, como a paralisação das licitações e a demissão de funcionários vinculados à área dos transportes. “A partir do momento em que houve denúncias, a obrigação do governo é investigar e esclarecer”, disse Bernardo.

O ministro, que até o ano passado comandava a pasta do Planejamento, acrescentou que o orçamento do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para este ano é de cerca de R$ 13 bilhões. “É difícil imaginar que não haverá nenhum problema em um orçamento tão grande. Mas o Tribunal de Contas da União (TCU) está monitorando”, disse.


6 comentários

  1. Rui Jorge da Rosa
    quinta-feira, 21 de julho de 2011 – 10:46 hs

    Esse PR, deveria ficar quieto, pois eles montam essa quadrilha no Ministério dos Transportes e no DNIT, e ainda dequerem ameaçar, quadrilha tem que ir para a cadeia

  2. RICARDO TEIXEIRA
    quinta-feira, 21 de julho de 2011 – 14:53 hs

    PARTIDO DA RAPINA E PARTIDO DOS MENSALEIROS E DAS CONSULTORIAS.

  3. Borduna
    quinta-feira, 21 de julho de 2011 – 15:00 hs

    Lula já disse que teme pela governabilidade. Roubar no governo é algo normal que deve ser tolerado… se deduz.

  4. mauricio
    quinta-feira, 21 de julho de 2011 – 15:29 hs

    Ta ficando dificil a relacao entre o PCC e o Comando Vermelho. Lulinha Beira Mar deve intermediar a divisao dos roubos e acertar as contas.

  5. OSSOBUCO
    quinta-feira, 21 de julho de 2011 – 15:40 hs

    Até tú Guerra? Ora, ora, Sérgio Guerra (PE), foi ao Planalto ontem para encontro com Ideli. Um dia depois de criticar o governo pelo toma lá dá cá de cargos e emendas, ele discutiu com a ministra, entre outras coisas, verbas para Pernambuco. “Enquanto não tem um projeto para o país, a oposição vai atrás de emenda”, alfinetou Paulo Teixeira (PT-SP).

  6. toninho
    quinta-feira, 21 de julho de 2011 – 23:25 hs

    Sr.Bernardo: O Sr. tem aparecido demais na mídia ultimamente.Isso lhe é prejudical. Vá por mim!… Enquanto o sr. esteve quietinho, no seu canto, quase anônimo, nesses muitos anos de minietério, nada lhe aconteceu, nada lhe foi imputado. Deixe essa briga entre pt e pr para o passar do tempo.Não dê palpite furado, não se pronuncie a toda hora na mídia, o sr. vai só se queimar. Não queira subir mais do que já subiu, o sr. e sua nobre esposa. Fique na sua e assim ficará no ” poder mais que poder” por mais uns dez anos.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*