Termo "Gleise Hoffmann" dominou Twitter | Fábio Campana

Termo “Gleise Hoffmann” dominou Twitter

do Portal IMPRENSA

Em apenas um dia, após Gleise Hoffmann ser empossada no cargo de ministra da Casa Civil, no último dia oito de junho, 1885 matérias na mídia online foram publicadas sobre o assunto. Nas redes sociais, a notícia dominou 66% das mensagens postadas no Twitter, informa a empresa de monitoramente de mídia MITI Inteligência.

Anunciada pela presidente Dilma Rousseff como nova ministra da Casa Civil, Gleise ocupou um grande espaço nas discussões na web, com 4.900 interações nas mídias sociais, em apenas 24 horas. A pesquisa realizada pela MITI analisa a influência das mulheres mais poderosas na política, monitorando as publicações na mídia – especialmente das mulheres elencadas nas listas da Forbes e do jornal britânico The Guardian.

“As mídias sociais são bastante utilizadas para discussões sobre política. Isso justifica, por exemplo, a repercussão a respeito da presidente brasileira.” comenta Elizangela Grigoletti, gerente de inteligência e marketing da MITI Inteligência.


Além da repercussão da nova ministra, a MITI avalia as menções feitas a outras mulheres, na mídia. Entre 24 e 28 de março, uma pesquisa feita em blogs, fóruns e redes sociais, levantou 14 mil menções sobre a presidente Dilma Rousseff, considerada pelo The Guardian como uma das mulheres mais influentes na política.

“Quando estudamos o histórico de notícias sobre ‘mulheres no poder’, observamos um crescente volume de publicações. De 2008 a 2010 foram veiculados no ambiente online mais de 170 mil notícias sobre o tema”, conclui Elizangela.

Angela Merkel, primeira ministra alemã e Michelle Obama, primeira dama norte-americana, foram, respectivamente, a segunda e a terceira mais citadas entre as palavras-chave monitoradas. Enquanto Dilma Rousseff esteve em 81,9% das interações, Merkel foi citada em 11,9% delas e Michelle Obama em 4,7%.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*