Recadastramento lota TRE no feriado | Fábio Campana

Recadastramento lota TRE no feriado

Do Bem Paraná

Cerca de sete mil eleitores curitibanos aproveitaram esta quinta-feira (23), feriado de Corpus Christi, para fazer o recadastramento para o sistema biométrico de votação, pelo qual a identificação é feita através das impressões digitais, prevista para estrear nas eleições municipais de 2012. A procura fez com que a Central de Atendimento do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE/PR) no bairro do Parolin, na Capital – que atendeu ontem em regime de plantão – ficasse lotada, e longas filas se formaram. Uma queda no sistema informatizado do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pela manhã acabou fazendo com que a espera por atendimento chegasse a mais de duas horas.

Até o último dia 13, 165 mil dos 1,3 milhão de eleitores de Curitiba já fizeram o recadastramento, segundo dados do TRE. A intenção do tribunal é recadastrar todo o eleitorado da Capital paranaense até 20 de janeiro do ano que vem.

Para agilizar o processo de recadastramento, os eleitores da capital paranaense também podem agendar seu atendimento na Central por meio do Título Net, sistema online que permite aos cidadãos iniciarem, pela internet, requerimentos de alistamento eleitoral, transferência de domicílio, revisão de dados cadastrais e atualização das obrigações eleitorais. Hoje, mais de 23% dos agendamentos para revisão eleitoral em Curitiba estão sendo feitos pelo Título Net. Com o atendimento programado, o recadastramento leva de 8 a 10 minutos.

De acordo com as normas estipuladas pela Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral, o recadastramento eleitoral para fins de uso da biometria também deve ocorrer no primeiro semestre de 2011 nos estados de Alagoas e Sergipe, em seis cidades de Pernambuco, em Goiânia-GO e nos municípios paulistas de Jundiaí e Itupeva. A intenção do TSE é recadastrar neste primeiro semestre mais de seis milhões de eleitores, chegando a 10 milhões se cidadãos recadastrados até o final da atual gestão, que se encerra em abril de 2012.
Segundo o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, a biometria vai proporcionar um “salto qualitativo” para as eleições de 2012. Mas também representará um “desafio muito grande” para a Justiça Eleitoral. O objetivo é cadastrar, até o final deste ano, 10 milhões de eleitores em todo o Brasil.

A projeção do TSE é que até 2018, todo o eleitorado brasileiro seja recadastrado para o voto biométrico. Entre as vantagens está o avanço na prevenção de fraudes. Além disso, um convênio entre o TSE e o Ministério da Justiça permitirá que os eleitores cadastrados biometricamente tenham prioridade na obtenção da nova carteira de identidade, o chamado RIC – Registro de Identificação Civil.

Esse documento possui um chip com informações de cada cidadão e substituirá todos os documentos dos brasileiros como a carteira de identidade, a carteira de motorista, passaporte, título de eleitor, número da previdência social, número de identificação perante a Receita Federal, entre outros. O TRE também estará de plantão amanhã, das 9 as 18 horas. Quem não fizer o recadastramento terá o título cancelado.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*