Projeto proíbe consumo de bebidas com álcool nas ruas de Curitiba | Fábio Campana

Projeto proíbe consumo de bebidas com álcool nas ruas de Curitiba

Súmula especifica ‘graduação igual ou superior a 0,5% de teor alcoólico’. Homeopáticos se enquadram; ‘Vamos ter que adaptar’, diz vereador.

Vinícius Sgarbe Do G1 PR

Na última quarta-feira (15), o vereador de Curitiba Felipe Braga Côrtes (PSDB) propôs a proibição do “consumo de bebidas alcoólicas de graduação igual ou superior a 0,5% de teor alcoólico, em todo e qualquer logradouro público”. O texto citado é a súmula do projeto.

“A gente sabe que é polêmico”, assume o parlamentar ao G1. Um texto similar tramita na Câmara de Maringá, no Norte do estado, e está travado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Na capital o debate deve levar tempo. “Para o segundo semestre pensei em promover um fórum sobre o assunto. (…) A gente vê os exageros causados pelo consumo de bebida alcoólicas.”

Criar leis específicas sobre esse tipo de consumo é cair em um emaranhado jurídico. Alguns medicamentos têm teor alcoólico igual ou superior ao proibido no projeto de lei. Ou seja, ficaria também proibido beber homeopatia nas ruas da cidade? “É um caso que eu não tinha pensado. Vamos ter que adaptar alguma coisa do projeto”, considera.

“Não se pode beber no posto [de combustíveis], mas pode na calçada em frente do posto. É um tema difícil. E cabe a questão da fiscalização. Quem faria a fiscalização se o projeto fosse aprovado? A Guarda Municipal ou a Polícia Militar? (…) Temos que debater a constitucionalidade, mas vou lutar muito [pela aprovação]”.


19 comentários

  1. José Augusto
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 16:00 hs

    Essa notícia em plena sexta feira só pode ser provocação.

  2. Sine Qua Non
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 16:16 hs

    Tá na cara que ele não sabe o que está fazendo !

  3. Junocka
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 16:20 hs

    E o TUBÃO vão proibir tambem??

  4. sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 16:27 hs

    É cada uma. O cidadão não poder nem tomar uma gelada em paz!!! Tem que proibir o Crack no centro de Curitiba!!!

  5. carlos
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 16:38 hs

    Poderiam então legislar e fazer os postos de combustíveis venderem somente combustíveis para os automóveis! Mas tenho visto verdadeiros depósitos de produtos etílicos para consumo nesta cidade e a festa é a mesma!

  6. Street
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 16:40 hs

    Entendo a preocupação dele, beber na rua é muito perigoso, pode ser atropelado, mas nas praças não tem problema, só uma pergunta aqueles barzinhos no centro da cidade onde tem mesas na calçada, dificultando o acesso dos pedestres, vai continuar ou a Prefeitura vai proibir também

  7. Eta
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 16:59 hs

    Cade os moralistas que apoiaram a proibição da marcha da maconha? Não vão postar suas palavras de apoio tbm a este nobre vereador? Estão fazendo o esquenta né?

  8. Thiago Medeiros
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 17:20 hs

    Mais uma lei ridicula pra ser descumprida. Vão fazer o que com quem beber na rua?

  9. sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 17:22 hs

    PARABÉNS VEREADOR..AO MENOS UMA VEZ NA VIDA APARECEU ALGUEM COM CORAGEM E COERENCIA PARA ACABAR COM ESSE ABUSO QUE É O CONSUMO DE BEBIDAS ALCOLICAS EM PÚBLICO…..VEM POR AS PESSOAS NO SEU DEVIDO LUGAR,,,,E RESPEITAR OS OUTROS E TODO MUNDO AGRADECE….TEM NOSSO APOIO E DA MAIORIA DA SOCIEDADE;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;

  10. xereta
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 17:54 hs

    Ta certo! Coisa mais feia é ver o povo com lata de cerveja andando pela rua. Nos estados Unidos é crime beber alcool em público, só aqui na terrinha se vê a piazada andando pela rua bebendo e achando que tá abafando. Quer beber, beba em casa.

  11. borrachada
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 18:53 hs

    Já liberaram tudo ; gays,maconha,casamentos homo,cotas e o “escambau de madureira” e aí vem este falso moralista querendo proibir uma geladinha? Vai te catar seu hipócrita e seja pelo menos coerente com o que o Brasil infelizmente está se transformando( num baita penico que acolhe de tudo!)

  12. LUCIANO BOQUEIRÃO
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 18:58 hs

    PELO AMOR DE DEUS VEREADOR FELIPE
    VAI ACABAR COM A ALEGRIA DO POVÃO?POR QUE?
    NEM TODOS NÓS TRABALHADORES PODEMOS TOMAR UM BOM VINHO E BEBIDAS CARISSIMAS QUE VC E SEUS AMIGOS TOMAM EM LUGARES ,QUE NOSSOS SALARIOS NÃO PAGAM NEM COUVERT.
    NÃO SEJA RIDICULO .
    E ESQUEÇA SUA REELEIÇÃO PARA 2012,SOU DO BOQUEIRÃO,TENHO MUIITOS AMIGOS NO GUABIROTUBA E CAJURU
    VC JA ERA….

  13. Vigilante do Portão
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 19:07 hs

    Mais uma BOBAGEM para encher páginas de jornal.

  14. éder
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 19:22 hs

    higiene?

  15. sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 19:28 hs

    Parabéns vereador, o álcool mata mais que todas as outras drogas juntas, só homicidios e aciedente de transitos causados por bêbados ultrapada 80 mil mortes por ano, muito mais que qualquer outra guerra.

  16. Dizao
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 19:47 hs

    So faltava essa

  17. sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 20:23 hs

    Este vereador deveria pendurar um holofote rosa na cabeça.
    Ele que pergunte as assistentes sociais da FAS o que elas podem fazer com os devalidos hébrios que perambulam pela nossa Capital, NADA.
    E as festinhas dos bons de grana regada a drogas ele não se manifesta.
    Não tem nada do pai.

  18. Miguel Orleryk
    sexta-feira, 17 de junho de 2011 – 23:22 hs

    Ótima ideia. Só através de uma lei para acabar com a farra de beber em publico. E por tabela o Vereador reprime os bebuns ao volante.

  19. sábado, 18 de junho de 2011 – 12:13 hs

    TEM BARES E CLUBES,,E LOCAIS APROPRIADOS PARA TAL….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*