Policiais do Paraná são presos por contrabando | Fábio Campana

Policiais do Paraná são presos por contrabando

Vinte e sete pessoas foram presas nesta terça-feira (7) durante a Operação Loki, desencadeada pela Polícia Federal (PF) com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada no contrabando de cigarros paraguaios de Ciudad del Este.

De acordo com a assessoria da PF, entre os presos estão dois policiais rodoviários federais do Paraná e cinco policiais militares da região oeste de Santa Catarina. Um casal foi preso em Foz do Iguaçu e uma mulher, suspeita de integrar a quadrilha, foi presa em um bairro de Curitiba e encaminhada à sede da PF.

Durante todo o dia devem ser cumpridos 41 mandados de busca e apreensão e 41 mandados de prisão preventiva, expedidos pela Vara da Justiça Federal de São Miguel do Iguaçu. De acordo com a PF, foram 12 meses de investigação, realizada pela Delegacia da Polícia Federal em Dionísio Cerqueira (SC), para desarticular a organização que agia em 16 cidades do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Além desses três estados, os cigarros contrabandeados eram enviados para Montevidéu, no Uruguai.

Durante a investigação, iniciada há um ano, já haviam sido presas em flagrante 32 pessoas, apreendidos 36 veículos e 109.524 pacotes de cigarros contrabandeados.

Estão trabalhando na operação de hoje 172 policiais federais e 36 policiais da Força Nacional de Segurança Pública. A PF explicou que o nome Loki vem da mitologia nórdica e se trata do semideus da Trapaça e da Falsidade, postura atribuída aos policiais presos, que avisavam aos contrabandistas da presença da Polícia Federal e da Força Nacional em operações nas rodovias do sudoeste paranaense e oeste catarinense.


7 comentários

  1. Mustafah
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 16:17 hs

    Infelizmente a PF teve mais uma vez de expurgar o lixo do interior da PM, já não era hora da própria PM paranaense fazer uma faxina interna, ou será que seu alto comando tem medo das cosequências.

  2. fabi
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 16:43 hs

    Oi. Boa tarde Fabio.
    Nossa a chamada da notícia me assustou, pois tenho amigos policiais aqui no Paraná.
    Lendo a noticia constata-se que NÃO FOI PRESO NENHUM POLICIAL DO PARANÁ. Quando se diz policial do Paraná logo pensa-se em Policial Militar ou Policial Civil.
    Não é o caso.Nosso governo está melhorando a segurança e vamos considerar isto e reconhecer.
    Então vamos fazer a coisa certa.
    Policial Rodoviário Ferderal pertence a União. não é Estado do Paraná e ganham muito bem em relação aos policiais estaduais.
    Abraço. obrigado.

  3. ALBERTO
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 19:18 hs

    então senhora Fabi, voce precisa vir conhecer alguns policiais militares e civis da região oeste, unica coisa que eles “cuidam” são dos sacoleiros.

  4. Murilo Álvaro Viezzer
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 23:45 hs

    Essa Fabi vive no Mundo da Lua…

    Beto Richa prometeu que no governo dele, as passagens de õnibus iriam baixar…Eu estou esperando, pois não baixaram, e o pior, aumentaram…

  5. observador
    quarta-feira, 8 de junho de 2011 – 10:16 hs

    Mustafah, os PMs são de Santa Catarina e não do Paraná. Leia bem antes de escrever besteira.

  6. anonimo do paraná
    quinta-feira, 17 de novembro de 2011 – 16:01 hs

    Se o governo do Paraná pagasse melhor os policiais militares e não só os oficiais com certeza a segurança p´blica no Paraná ia melhorar muito….valorização dos praçás é essencial….

  7. juvenal
    sexta-feira, 18 de novembro de 2011 – 22:38 hs

    vc fla o que penssa mas não penssa no que fala,so quer se promever.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*