Pesquisa revela que reeleição em Londrina será difícil | Fábio Campana

Pesquisa revela que reeleição em Londrina será difícil

Levantamento mostra derrota do prefeito Barbosa Neto (PDT) em dois cenários de segundo turno.

Marcelo Frazão do Jornal de Londrina

Se a eleição municipal fosse hoje, o prefeito de Londrina, Barbosa Neto (PDT), não seria reeleito. Levantamento feito na cidade pelo Instituto Paraná Pesquisas, entre 26 e 30 de maio, mostra que o pedetista seria derrotado em dois cenários de segundo turno: contra o secretário de Estado da Fazenda, Luiz Carlos Hauly (PSDB), e contra o vereador Marcelo Belinati (PP).

O desempenho do prefeito na pesquisa reflete a onda de escândalos envolvendo a administração municipal. Embora não haja denúncia direta contra o pedetista, a Operação Antissepsia, do Ministério Público, revelou a relação de agentes municipais com a corrupção na gestão de programas de saúde pública de Londrina, a segunda maior cidade do estado.

Para o cientista político Mário Sérgio Lepre, da Universidade Estadual de Londrina (UEL), a 16 meses da eleição, ainda é cedo para descartar a candidatura de Barbosa Neto no ano que vem. “Barbosa é o nome (para 2012), a não ser que algo mais sério aconteça”, diz.

Segundo o cientista, o atual prefeito passará por uma espécie de referendo ao se arriscar nas próximas eleições, mas “tem uma chance razoável” de ser reeleito. Mesmo os abalos na imagem do prefeito com o caos na saúde e a pressão da população por causa da manutenção asfáltica da cidade “tendem a sucumbir” diante da máquina funcionando em favor do administrador, afirma o analista.

O cientista social Lidmar José Araújo concorda que o bom desempenho de Hauly na pesquisa e a ascensão de Marcelo Belinati ainda não ameaçam de forma suficiente as chances de reeleição do prefeito Barbosa Neto. “Até agora a crise não o atingiu diretamente. O prefeito tem um grande desafio: superar a desconfiança contra tudo o que está em volta e imprimir alguma normalidade à administração”.

Segundo Araújo, Barbosa deve “criar uma agenda o mais positiva possível de forma preemente”. O cenário desfavorável, sustenta ele, “ainda é totalmente recuperável”. Tanto que Araújo vê possibilidades, inclusive, de Barbosa surpreender a cidade com medidas na área da saúde.

Sobre a ausência de novos nomes no cenário eleitoral do ano que vem, o analista lamenta a falta de articulação dos demais partidos. “Serão os três (Hauly, Barbora e Marcelo). Não tem mais para ninguém”, atesta, excluindo a possibilidade de candidatura própria do PT.

Efeito Belinati

Na pesquisa de intenção de voto para o primeiro turno, Hauly é apontado por 22% dos entrevistados, seguido de Marcelo Belinati, com 21%. Barbosa Neto vem na terceira posição, com a preferência de apenas 15% dos eleitores.

O desempenho do vereador Marcelo Belinati – sobrinho do ex-deputado estadual e ex-prefeito da cidade Antonio Belinati – é um sinal de que o vereador herdou o peso político do nome da família, mas não foi impactado pelo histórico de denúncias envolvendo o tio. Antônio Belinati foi eleito prefeito de Londrina em 2008, mas teve a vitória impugnada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na opinião de Mário Sérgio Lepre, o vereador tem a simpatia da classe média – por ser médico e advogado – e ao mesmo tempo atrai os volumosos votos destinados ao tio.

Apesar de Luiz Carlos Hauly liderar a pesquisa estimulada, Lepre afirma que o tucano entraria na disputa com as mesmas vestes do passado – e não representaria uma ameaça real. O atual secretário estadual da Fazenda disputou a prefeitura de Londrina em 2008, na eleição suplementar, mas foi derrotado por Barbosa Neto. “Hauly está desgastado, já perdeu muito e nunca foi palatável”, diz o analista. A pesquisa mostra que, em um eventual segundo turno entre Marcelo Belinati e Hauly, o tucano sairia vitorioso, com 44% dos votos.


7 comentários

  1. zilomar Gabiati
    domingo, 5 de junho de 2011 – 12:39 hs

    Existe tambem um terceiro cenario que ele perde. Caso o Tonho da banca de frutas se candidatar tambem fatura.

  2. André
    domingo, 5 de junho de 2011 – 16:31 hs

    Em Londrina vai ser difícil tirar a eleição do Marcelo Belinati…

  3. Dizao
    domingo, 5 de junho de 2011 – 18:35 hs

    Isso é o óbvio!, se fizer uma pesquisa hoje, apesar de tudo dá Billy na cabeça

  4. JURANDIR ROSA
    domingo, 5 de junho de 2011 – 20:32 hs

    APÓS A GRANDE TEMPESTADE QUE ESTA ASSOLANDO LONDRINA PELA INCOMPETENCIA DA OPOSIÇÃO E DE POLITIQUEIROS, O SOL DO TRABALHISMO VOLTARA A BRILHAR E FESTILIZAR O SOLO LONDRINENSE.
    O PREFEITO BARBOSA NETO DARA UMA REVIRAVOLTA DE 360 GRAUS E SAIRA DESTA ÁREA DE RISCO PARA UM TERRENO MUITO SOLIDO.
    O TEMPO MONSTRARA QUE O POVO TRABALHADOR JAMAIS DEIXARA UM DEFENSOR DO TRABALHISMO SEM APÓIO.
    O DIA DA VITORIA ESTA PROXIMO, 100% P.D.T.

    BRIZOLA – VIVE –

  5. COLLOR FOI, AGORA É DILMA.
    domingo, 5 de junho de 2011 – 21:01 hs

    LADRÃO.

    Pediu votos par a quadrilheira Dilma.
    Tinha conhecimento das falcatruas do PT por isso, Foraaaaa, você é mais um.
    Impeatchment de DILMA já.
    Fora a quadrilha do PT, o Brasil sofreu demais.

  6. PROFESSOR
    segunda-feira, 6 de junho de 2011 – 10:30 hs

    QUEM PLANTA! COLHE…

  7. aspone.com
    segunda-feira, 6 de junho de 2011 – 10:44 hs

    Acredito queTurinipo dar a volta por cima !

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*