MP pede afastamento do prefeito Barbosa Neto | Fábio Campana

MP pede afastamento do prefeito Barbosa Neto

do Bonde

O Ministério Público de Londrina entrou nesta segunda-feira (6) com o pedido de afastamento do prefeito Barbosa Neto (PDT). A ação foi protocolada na 4ª Vara Cível e será julgada pelo juiz substituto, Mário Azzolini.

O secretário de planejamento e ex-chefe de gabinete, Fábio Góes também teve um pedido de afastamento protocolado. A edição do Jornal Oficial da cidade de Londrina de segunda-feira (6) traz um decreto do dia três de junho em que Edson de Souza assume interinamente a secretaria de planejamento de 6 a 25 de junho, em substituição a Fábio Góes.

Em entrevista coletiva, a promotora Leila Voltareli explicou que o pedido de afastamento se faz necessário em virtude da importância dos cargos por eles ocupados, que pode interferir ao longo de toda a tramitação do processo, manipulando testemunhas, fatos, dados. “Inclusive já tivemos uma série de informações e contra-informações que partiram do gabinete a fim de tirar do foco as pessoas já identificadas como no mando de todas as ações de desvio de dinheiro público e corrupção de agentes públicos”. A promotora ainda justificou que o afastamento dos agentes públicos é importante por entender que existe em Londrina um círculo vicioso estabelecido quanto as parcerias com as Oscips no desenvolvimento dos programas da área da saúde que criam um ambiente propício para o desvio de verbas públicas e corrupção de funcionários públicos”.

Desvio de R$ 300 mil

Segundo a promotora, o presidente do Instituto Atlântico, Bruno Valverde, procurou o lobista Rui Nogueira Neto e Ricardo Ramires para que fizessem a ponte com Homero Barbosa Neto e sua esposa Ana Laura Lino para que o instituto fosse uma das oscips indicada para os serviços na área da saúde. Se a interferência ocorresse, Valverde se comprometeu a pagar propina no valor de R$ 300 mil. A promessa teria sido aceita por Barbosa Neto, esposa e demais envolvidos.


9 comentários

  1. Borduna
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 14:45 hs

    Só afastamento? E as algemas, não vai pintar?

  2. SOCIÓLOGO
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 14:56 hs

    A SITUAÇÃO POLÍTICA DE LONDRINA É CLARA E EVIDENTE, RUIM COM O PT, PIOR SEM ELE!

  3. atadailha
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 15:28 hs

    PARABENS AO MP DE LONDRINA,QUE AGIU RAPIDAMENTE ,MOSTRANDO-SE INDEPENDENTE, DEMONSTRANDO-SE DESATRELADO DE VICIOS CORRUPTOS DE MPS DE OUTRAS CIDADES QUE ESTÃO:DIGAMOS:
    ” COM O RABO PRESO “

  4. CAÇADOR DE PETISTAS
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 15:53 hs

    Parabéns ao miistério Público.

  5. decio maio
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 16:20 hs

    O prefeito basrbosa neto não deve ter seguido o conselho do procurador de Arapongas, pois naquela cidade o prefeito Beto não tem problemas com o Judiciário. Inclusive possui no quadro de funcionários tanto os parentes dos juizes quanto dos promotores. Quem não esta na prefeitura esta na APMI.

  6. NABIL DE PARANAGUÁ
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 16:27 hs

    O POVO DE LONDRINA MERECIA UMA SORTE MAIOR,UMA PENA QUE NÃO OLHARAM O PASSADO DOS CANDIDATOS EM 2008,QUANDO HAVIA UM CANDIDATO QUE COMBINA COM O POVO DE LONDRINA NA SUA INTEGRIDADE E HONESTIDADE,ALEM DA COMPETÊNCIA E O AMOR PELO POVO DE LONDRINA,ESTOU FALANDO COM MUITO ORGULHO DO SENHOR HAULY,ESTE SIM, PODEM CONFIAR.
    NUNCA É TARDE,2012 ESTÁ PERTO,

  7. Antônio Nunes
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 17:07 hs

    Segundo informações que tenho (17h), o juiz (a) deferiu o afastamento. Vamos aguardar.

  8. Claudio de Azevedo
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 17:40 hs

    Realmente, só o afastamento?
    Merecia algemas….
    Roubar dos pobres é ser muito sem vergonha mesmo…..

  9. HENRY
    terça-feira, 7 de junho de 2011 – 19:20 hs

    ESSE TAL DE FABIO GÓES, NEM DAQUI ELE É. É LOBISTA DE UMA GRANDE EMPRESA DE MINAS GERAIS QUE INVESTIU MUITO NA CAMPANHA DO PREFEITO. COMO PAGAMENTO, FOI EXIGIDO QUE O TAL fábio FOSSE O CHEFE DE GABINETE. SÓ ISSO. SE VIRAR A INVESTIGAÇÃO PARA ELE, A CASA CAI.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*