Irineu Mário Colombo toma posse no Instituto Federal do Paraná | Fábio Campana

Irineu Mário Colombo toma posse no Instituto Federal do Paraná

Do Blog da Joice

O novo reitor do Instituto Federal do Paraná, o professor Irineu Mário Colombo, toma posse na próxima segunda-feira com a missão de melhorar a estrutura do IFPR. Criado há dois anos, o instituto substituiu a antiga Escola Técnica da Universidade Federal do Paraná. Atualmente são ofertados 54 cursos em 14 cidades paranaenses. Segundo o novo reitor, o desafio agora é investir em salas de aula, equipamentos e bibliotecas. Irineu Mário Colombo também destaca que o IFPR deve receber mais investimentos do governo federal e deve ampliar a atuação no estado. Colombo assume a vaga deixada em aberto pelo ex-reitor Alípio Leal, que foi nomeado no começo do ano como secretário de ciência, tecnologia e ensino superior pelo governo do estado. A cerimônia de posse é na segunda-feira, às 11 horas da manhã, no Ministério da Educação, em Brasília.


3 comentários

  1. Amilton Oliveira
    sábado, 18 de junho de 2011 – 12:41 hs

    Meus PARABÉNS ao Ilustre Professor Irineu Colombo, Ex-Deputado Federal (PT), que com certeza fará um brilhante trabalho frente ao IFPR….Vivemos momentos de renovação na Política e na Administração Pública Federal, com ótimos reflexos em nosso Estado…São os sinais de que o Governo Federal está plantando em nossa terra…só precisamos cultivar esta novo geração, para que possamos colher bons frutos no futuro, em prol da nossa gente….

    Forte abraço ao companheiro Colombo.
    Amilton Oliveira – Curitiba

  2. sábado, 18 de junho de 2011 – 15:45 hs

    Com a Universidade FEDERAL em greve, vai ser uma maravilha!

    MECPT, Haddad, UFPR, Institudo Federal, tudo a ver.

  3. joao
    quarta-feira, 12 de março de 2014 – 9:17 hs

    A gestao Colombo a frente do IFPR é ridícula. Persegue servidores publicos, persegue determinados campus …. lamentavel estarmos na mao de um cara assim.
    Mas como diz o ditado: tupo passa. Quem bate hoje apanha amanha.
    Sugiro ao Fabio Campana que investigue a gestao. Tem tanta coisa a ser revelada que afirmo com veemencia: exoneracao é pouco.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*