Alvaro faltou à despedida para evitar o frio do ar-condicionado | Fábio Campana

Alvaro faltou à despedida para evitar o frio do ar-condicionado

De André Gonçalves da Gazeta do Povo

Após vários embates com Gleisi Hoffmann (PT) no Senado, o senador paranaense Alvaro Dias (PSDB) justificou ontem que não compareceu anteontem à sessão de despedida da colega para evitar o frio provocado pelo ar-condicionado do plenário. “Estava um pouco gripado e preferi ficar despachando no gabinete”, disse o senador. Ele negou que exista qualquer rusga com a nova ministra, que teria motivado a ausência na despedida de Gleisi.

“Sempre tivemos um relacionamento civilizado. Ela é governista e eu sou oposicionista. Só isso”, disse Alvaro. Além de fugir do frio, o tucano admitiu que não acompanhou pessoalmente o discurso da paranaense para se “preservar”. “Como líder do PSDB [principal partido de oposição no Congresso], tenho de ter total independência.”

Alvaro também lembrou uma frase do pai, já falecido, sobre o trabalho dos senadores para descrever a decisão. “Quando meu pai estava vivo, costumava me perguntar: vocês não têm nada mais para fazer do que ficar com essa rasgação de seda no plenário? Acho que ele estava certo. Esse tipo de sessão acaba passando um pouco de insinceridade.” Na sessão de despedida de Gleisi, 42 dos 81 senadores pediram a palavra para elogiarem a nova ministra ou para desejar-lhe boa sorte no Palácio do Planalto.


15 comentários

  1. S Y N F R O N I O.
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 11:34 hs

    Ca entre nos, acho que o senador em fim de carreira, e que nao ama o seu estado,estava realmente sentindo colafrios,principalmente nos cotovelos.

  2. Alaor
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 11:43 hs

    É assim mesmo, ar condicionado nada o Pinguim se da bem com o frio ele tava e com dor de cotovelo mesmo uuuiiiii.

  3. sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 11:48 hs

    não foi por dor de cotovelo.

  4. sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 11:58 hs

    E o Requião?
    Onde estava?

  5. anonimo
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 13:07 hs

    Esse outro, que sabe que está com pé cova, aproveitando os últimos anos p/ se aparecer na midia, próxima eleição será eleito síndico de prédio………

  6. antonio francisco da silva
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 13:58 hs

    tanto alvaro cmo requião teem consciencias que já são estrelas apagas,este ultimo por sete anos> o mento tem quatro nomes:beto richa,paulo bernardo.Gleisi e gustavo fruit os outros são os outros.

  7. Lucia
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 14:20 hs

    Se é assim, é bom que nem venha para Curitiba no final de semana. Está mais frio que no ambiente do plenário de Brasília.

  8. Jango
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 14:27 hs

    O senador Alvaro Dias tem lucidez insopitável.

  9. Sadi Melchiades
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 14:47 hs

    Parece que ninguém notou a falta do senador no plenário do senado.

  10. Manoel
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 15:28 hs

    Requião estava na despedida, Sindicalista. E deu um abraço na Ministra.

  11. Luciano Paranista
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 15:47 hs

    Não era gripe mas sim DOR DE COTOVELO rsrsrs…

    Nunca em toda nossa historia o PARANÁ teve tanta gente no primeiro escalão do governo federal. Acredito

  12. JOVIAL
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 16:19 hs

    Coisa de louca!

  13. fiscal de realeza
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 17:53 hs

    COM CERTEZA A CONFRATERNIZAÇÂO FICOU MUITO MELHOR SEM TRAIRA E UM INVEJOSO A MENOS

    VAI TE CATA PERUCÂO

  14. antonio carlos
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 18:33 hs

    O Álvaro não foi porque não gosta dela, é que a criatura superou o criador. E ele, vaidoso como é, não quer dar o braço a torcer. Tony

  15. Alcides
    sexta-feira, 10 de junho de 2011 – 19:34 hs

    Este miserável não tinha onde por a cara, por isso não foi

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*