Romanelli defende fim de "caciques" no PMDB | Fábio Campana

Romanelli defende fim de “caciques” no PMDB

Daniel Castellano/Gazeta do Povo

O secretário do Trabalho, Luiz Cláudio Romanelli, defende que o PMDB do Paraná não pode ter mais “caciques” mandando na legenda. É preciso ter mais democracia, diz ele.

Romanelli deu a declaração em entrevista a Cristina Graeml e a este blogueiro que vai ao ar na ÓTV nesta quinta-feira, às 21 horas, no canal 23 da Net Digital de Curitiba.

O secretário disse que não se trata de um recado para Roberto Requião. Mas que o senador é o principal manda-chuva do PMDB local todos sabem.
Romanelli, na entrevista, fala também sobre a sua dupla função de secretário e deputado. E defende o seu direito de manter um gabinete no Legislativo, mesmo estando afastado para exercer cargo no governo.


8 comentários

  1. quinta-feira, 19 de maio de 2011 – 10:19 hs

    Romanelli pensa ter direito de manter um gabinete no Legislativo, mesmo estando afastado para exercer cargo no governo ? Por onde anda a tal moralidade defendida por Rossoni?
    Absurdo isso.

  2. quinta-feira, 19 de maio de 2011 – 10:19 hs

    Quem e vc pra dizer isto seu vira casaca, esse Deputado so pensa no bolso dele isto sim, tava mamando na teta do Governo Requião , agora do Beto Richa, ainda vem dizer que quer mater o Gabinete dele de Deputado toma vergonha na sua cara Deputado.

  3. jobalo
    quinta-feira, 19 de maio de 2011 – 10:29 hs

    Va ser falso lá não sei aonde seu romaneli,voce vivia lambendo as botas do requião , agora que se ajoelhou para o beto pra ganhar uma boquinha como é de seu feitio, com~ça a falar mal do requião, tá certo que o homem não vale o que come mas voce não pode traqi-lo.

  4. quinta-feira, 19 de maio de 2011 – 10:30 hs

    O Secretário,convertido ao PSDB,na certa quer briga com Requião.
    Vamos acompanhar o twitter do ReiQuião…logo vem bordoada.

  5. PICA PAU
    quinta-feira, 19 de maio de 2011 – 10:44 hs

    Olha quem fala! O furão!

  6. Antonio Moura
    quinta-feira, 19 de maio de 2011 – 11:38 hs

    Essa dupla função é um escárnio. Isso é tão grave quanto os funcionários fantasmas da Assembleia. O interessante é que o Romanelli acha isso normal, assim como os seus pares (pares?) da Assembleia também acham normal. Isso só tem um nome: corrupção consentida.

  7. gabriela silva
    quinta-feira, 19 de maio de 2011 – 11:39 hs

    Vai para o PSDB ,traira

  8. Carlos
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 23:33 hs

    Quem precisa de um aliado desse?
    Um pé em cada canoa….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*