Ministros vão devolver valor pago por diárias em Curitiba e Salvador | Fábio Campana

Ministros vão devolver valor pago por diárias em Curitiba e Salvador

G1/Globo.com

Paulo Bernardo e Afonso Florence têm residência nas capitais do PR e BA. A informação foi publicada nesta segunda-feira (10) pelo jornal O Globo

Os ministros das Comunicações, Paulo Bernardo, e do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, vão devolver à União as diárias que receberam por dias que estiveram em Curitiba (PR) e Salvador (BA) sem compromissos oficiais. A informação foi publicada nesta terça-feira (10) pelo jornal “O Globo” e confirmada pelas assessorias de imprensa dos ministros.

Na segunda-feira (9), a Controladoria-Geral da União (CGU) informou, por meio de nota, que a ministra da Cultura, Ana de Hollanda, vai devolver aos cofres públicos os valores referentes a cinco diárias no Rio de Janeiro. Reportagem do jornal “O Estado de S.Paulo” publicada no fim de semana dizia que a ministra teria recebido pagamento de diárias na cidade sem ter uma agenda oficial.

O Portal da Transparência informou que Paulo Bernardo recebeu R$ 1.381,18 por diárias em Curitiba, entre os dias 30 de abril (sábado) e 2 de maio (segunda). O ministro tem casa na cidade e, naqueles dias, não teve compromisso oficial, segundo sua agenda. A assessoria do ministro informou que a devolução será feita após o retorno de Paulo Bernardo, que está em viagem para a Coreia.

Afonso Florence recebeu o valor de R$ 1.365,96 por dias em que ele não tinha compromissos de trabalho em Salvador, onde ele tem residência. Em uma viagem, entre os dias 12 e 17 de janeiro, o ministro teve compromissos oficiais em dois dias, mas foi pago por quatro. Há outros casos de recebimento de diárias na mesma situação nos meses seguintes. A assessoria diz que um houve erro e que o ministro devolverá o dinheiro.


8 comentários

  1. jobalo
    terça-feira, 10 de maio de 2011 – 16:44 hs

    O que não dá pra entender, é que primeiro eles pegam o dinheiro, ai se ninguem fala nada , ficam na moita, se alguem fala, eles como bons cidadãos, devolvem o dinheiro. É o mesmo que roubar , e devolver o dinheiro. feio né mas para o pt isso é normal. marolinha qie o llula não acreditou, mas que agora estão vindo as consequencias.

  2. BAIXA ou ACABA
    terça-feira, 10 de maio de 2011 – 18:10 hs

    Veja-se que o ato de improbidade já foi praticado.

    Portanto, Ministério Público Federal: Mãos à obra!!

  3. Tonho
    terça-feira, 10 de maio de 2011 – 19:30 hs

    BAIXAr ou ACABAr com a sua ignorância? Vai falar de futebol que o que vc sabe. Improbidade? rsrsrsrs

  4. FRANCO E HONESTO
    terça-feira, 10 de maio de 2011 – 20:49 hs

    É ROUBO, COMO VC PEGA ALGUMA COISA SABENDO QUE ESTA ERRADO, ENTÃO É ROUBO.
    E TEM GENTE QUE VOTA NA MULHER DELE, É RIDICULO, NOSSO POVO É IGUAL CRIANÇA, TEM QUE APANHAR PARA APRENDER.
    E A MULHER DELE VEM COM AQUELA CARINHA DE SANTA .
    FORA GLEISE JA.

  5. FRANCO E HONESTO
    terça-feira, 10 de maio de 2011 – 20:56 hs

    ROUBO ROUBO ROUBO…

    UM TRABALHADOR LEVA O MES INTEIRO PARA RECEBER O MISERO SALARIO MENSAL.
    E OLHE QUE OSALARIOS DELES É ALTO, IMAGINEM ELES GANHANDO O QUE O TRABALHADOR GANHA, MISERICORDIA ELES ROUBARIAM ATE A MULHER DO CHEFE
    RSRSRSRS…
    AGORA É HORA DO MP. FAZER ALGUMA , MOSTRAR TRABALHO, QUE POUCA VERGONHA.
    SERA QUE ROBERTO REQUIÃO SABE DISSO, CUIDADO SR. BERNADO ELE POE A BOCA NO TW. DELE, E PARA O SR. JA TEVE DENUNCIA DELE.

  6. Jose
    terça-feira, 10 de maio de 2011 – 21:38 hs

    perae…se fosse um funcionário público, pé rapado, já ia para o inquerito administrativo, escrachado na imprensa e dai pela moralidade a demissão, agora com os bonitões, basta devolver o dinheiro e tudo bem. que safadeza.

  7. Albino
    terça-feira, 10 de maio de 2011 – 22:38 hs

    Se ninguém percebesse duvido que iriam devolver.

  8. RANCIARO
    quarta-feira, 11 de maio de 2011 – 11:32 hs

    O PT continua com o dinheiro do povão ignorante, guardado na cueca….é a farra das diárias. Olhe que em Prefeituras do Paraná tem Prefeitos que ficam na sede segunda e terça e de quarta a domingo, estão em Curitiba (diga-se na fazenda deles) e embolsando diárias.

    Quando o TCE vai começar a auditar as DIÁRIAS!!!!! Agora após um século está exigindo o controle do combustível gastos por veículo……já foram desviados milhões…..usam até nos tratadores e nos bi-trem de propriedades deles.

    Acabem com os Conselheiros políticos….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*