Empreiteira com negócios públicos contratou Palocci | Fábio Campana

Empreiteira com negócios públicos contratou Palocci

O grupo WTorre, que fechou negócios com fundos de pensão de estatais e com a Petrobras, foi um dos clientes da empresa de consultoria do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci.

A empreiteira também fez doações de campanha a Palocci (R$ 119 mil), em 2006, e a Dilma Rousseff (R$ 2 milhões), no ano passado.
A WTorre fechou negócios com os fundos e com a Petrobras entre 2006 e 2010, quando o hoje ministro da Casa Civil era deputado federal pelo PT (2007-2010) e sua empresa, a Projeto, estava ativa como consultoria.

Esses negócios são avaliados em R$ 1,3 bilhão -com Petrobras e os fundos de pensão Funcef (Caixa) e Previ (Banco do Brasil).
O grupo WTorre diz manter ativos de R$ 4 bilhões em 200 projetos.

Em nota, a WTorre informou que “confirma ter contratado a Projeto para prestar consultoria num assunto corporativo, a respeito do qual a empresa se reserva o direito de não comentar”. A construtora, que pertencente a Walter Torre Júnior, não revela quanto pagou.

Também em nota, a assessoria da Projeto disse que seus contratos têm “cláusula de confidencialidade que não lhe permitem revelar os nomes dos seus clientes”. [afinal se revelar o nome do cliente está revelando que o tipo de consultoria prestada fica melhor classificado como ‘tráfico de influência’, pois se sabendo o nome do cliente se identifica imediatamente quantos milhões o mesmo recebeu do governo em consequencia da ‘consultoria’.]

PETROBRAS

Em fevereiro de 2010, a empresa vendeu o complexo WTorre Nações Unidas, numa das regiões mais caras de São Paulo, à Previ.
Pouco antes, em 17 de dezembro de 2009, uma das controladas da WTorre celebrou acordo para alugar parte do Centro Empresarial Senado, no Rio, ainda em projeto, à Petrobras, um negócio de R$ 650 milhões.
O complexo abrigará escritórios da petroleira.
A empresa também comunicou em seu balanço de 2009 que tentava renegociar uma dívida de curto prazo, de R$ 250 milhões, com o Banco do Nordeste. A empresa e o banco não dizem se a renegociação foi concluída.
Em outro negócio, a companhia repassou ao Funcef e à Engevix Engenharia R$ 410 milhões em ações do estaleiro Rio Grande (RS).
A WTorre também é responsável pela obra do estádio do Palmeiras e figura na composição da controladora da concessionária que administra o trecho paulista da rodovia BR-153. No segundo caso, ela pediu à Agência Nacional de Transportes Terrestres sua saída.

ELEIÇÕES
A maior parte das doações a campanhas eleitorais feitas pela empresa beneficiou candidatos petistas.
Os valores foram crescentes a partir de 2006.
Em 2010, além da doação de R$ 2 milhões à campanha de Dilma Rousseff, da qual Palocci era coordenador, também houve aporte para o tucano José Serra (R$ 300 mil), adversário na disputa.

Colaborou CATIA SEABRA, de Brasília


15 comentários

  1. Rui Jorge da Rosa
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 11:01 hs

    O Ministro não é médico, como da e tem empresa de consultório, isso é propina e lavagem de dinheiro, não vê quem não quer.

  2. pk
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 11:01 hs

    Pensamento do Dia: QUEM REPARTE FICA COM A MELHOR PARTE; OU SE NÃO É BOBO OU NÃO TEM ARTE. Quem tem labia, não se baba! Ta tudo certo… acredite. kkkkkkkkk

  3. ronaldo
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 11:15 hs

    Quando um cidadão ou cidadã nasce para a safadeza morre fazendo safadeza; é o caso.

  4. ivanowski
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 11:31 hs

    . Puro TRÁFICO DE INFLUÊNCIA’ .

    . Que tipo de assessoria poderia dar esse tal PALOCCI.
    . Talvez aquela de ‘quebra de sigilo bancário’. Onde vitimou o FRANCENILDO. LEMBRAM ????

  5. CAÇADOR DE PETISTAS
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 12:07 hs

    AI ESTA MAIS UM PETISTA, parte integrande da quadrilha de LULA DA SILVA, JOSÉ DIRCEU e outros malacos que acredita na impunidade.

    CADEIA NELES.

  6. Jorge Barbosa dos Santos
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 12:25 hs

    O povo brasileiro já viu de tudo nesse DESGOVERNO DO PT, cujos integrantes querem reescrever a História do Brasil e se julgam OS DONOS do país:
    manipulação ou desconhecimento dos fatos
    dólar na cueca
    caixa 2
    mensalão
    dinheiro de fora (…)
    grandes fortunas criadas da noite para o dia
    tentativa de calar a MÍDIA…
    Infelizmente, não existe OPOSIÇÃO contra toda essa safadeza!
    SERÁ QUE É RABO PRESO DOS POLÍTICOS?
    DA MÍDIA TAMBÉM?????

  7. ocimar
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 13:14 hs

    VINDO DO pt ESPERAR O QUE?

  8. Luiz Carlos
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 13:19 hs

    Até quando o povo brasileiro vai aguentar calado tanta roubalheira e impunidades.

  9. ANONIMO
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 13:39 hs

    Pau que nasce torne, cresce torto, morre torto.

  10. Do Povo
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 14:02 hs

    Só que não é só na côrte maior que tem truta. Aqui na provincia também tem. O Beto deve ter muito cuidado com a intenção de prorrogar por mais trinta anos as concessões de pedágio. Será que isso é de graça? Cuidado menino. Tem caroço nesse angú.

  11. PREVI
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 14:10 hs

    Porque todos os políticos, principalmente os do PT (iniciando na era Lula), estão sempre mamando nas t_ t _s da PREVI, enquanto os ex funcionários do Banco do Brasil que aderiram ao PDV, a partir de 1995, mais de 15 mil pessoas, não tiveram e não têm o direito de requerer os 2/3 (dois terços) de sua conta que foram depositados em seu nome naquela Previdência, e que ficaram retidos por conta de uma legislação direcionada e mal intencionada, feita para beneficiar os fundos, e que é considerada como uma fraude do Governo para cima dos trabalhadores que ajudaram a construir o poderoso fundo que é a PREVI hoje em dia. Pelos valores, em centenas de milhões de reais, que são divulgados constantemente na mídia pago a esses apadrinhados, os ex funcionários do BB poderiam receber a sua parte, que lhes é devida, por direito e por justiça, uma vez que muitos deles estão passando por sérias dificuldades e problemas, financeiro, de saúde, em situação precária, inclusive com vários casos conhecidos de suicídios. Obrigado.

  12. Anônimo
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 15:16 hs

    é como padre tomando guaráná em boteco,assim é qualquer coisa que cheire desonestidade com pessoas ligadas ao PT.Isso é atestado de bom proceder para o partido.fosse os outros seria coisa normal.

  13. Anônimo
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 15:17 hs

    Finalmente onde está o crime?

  14. pedroca
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 19:48 hs

    Tráfico de influência, informações privilegiadas. Faz sentido, como médico ele entende de entranhas, as entranhas do poder!

  15. Pedro Rocha
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 21:46 hs

    Enquanto nós estamos aqui perdendo tempo escrevendo sobre essa bandalheira toda, os bacanas estão lá nos seus castelos, dando gargalhadas, bebendo vinhos e champanhes caríssimos com o nosso dinheiro, e já arrumando o próximo golpe.
    Os culpados somos nós; um povo subserviente; manso e abestalhado, que ainda faz piada com a roubalheira dessa quadrilha!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*