Conselheiro diz que primeira-dama comandava esquema | Fábio Campana

Conselheiro diz que primeira-dama comandava esquema

Foto: Saulo Ohara/FolhadeLondrina

Ana Laura Lino é acusada de estar à frente da saúde do município, inclusive ocupando uma sala na prefeitura, e de receber propina. Ela foi até o MP

do Bonde

O advogado do conselheiro da saúde Marcos Ratto, Petrônio Cardoso, declarou à imprensa que quem articulou a contratação do Instituto Atlântico foi a primeira-dama do município, Ana Laura Lino Barbosa.

Segundo Petrônio, Marcos Ratto disse em seu depoimento nesta manhã que a mulher do prefeito Barbosa Neto seria a pessoa de maior importância no esquema investigado pela Operação Antissepsia. Ele afirmou que apesar de não ser secretária é Ana Laura quem comanda a saúde do município. “É a primeira dama que mandava e manda no sistema de saúde de Londrina”.

De acordo com Petrônio, na ocasião, Ana Laura convocou uma reunião em uma sala que ocupa na prefeitura para exigir dos conselheiros o contrato com as Oscips. “O contrato com o Instituto Atlântico foi uma exigência dela. Ela tem vínculos com uma pessoa de Curitiba, chamada Rui que foi quem articulou todo o esquema”. Petrônio afirmou ainda que segundo depoimento de seu cliente Marcos Ratto, Ana Laura recebia propina do Instituto.


Em entrevista, o promotor Renato de Lima Castro comentou que essa não foi a primeira vez que o nome da primeira-dama foi citado nas investigações. Segundo ele, Ana Laura deve ser chamada para depor em breve. O promotor disse ainda que o nome do prefeito Barbosa Neto não foi citado nos depoimentos. “Todos os fatos estão sendo investigados e ninguém será poupado”.

No início da tarde, a primeira-dama foi até o Ministério Público acompanhada de seu advogado, mas não prestou depoimento. Ela colocou todo seu sigilo fiscal, telefônico e bancário à disposição da Justiça, e deve ser convocada em breve para prestar depoimento.


7 comentários

  1. sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 10:35 hs

    Cadeiaaaaaaa nessa quadrilha…..por isso que Londrina está abandonada ….milhares de buracos…..tem que andar de Jipe pelas ruas…..e o prefeito???? Vai me dizer que não sabia de nada…..tadinhooooo…..Polícia Federal Jáaaaa

  2. Adriano Chapieski
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 11:06 hs

    Campana republique no seu blog também a matéria que saiu hoje na Gazeta do Povo mostrando mais umas das falcatruas do prefeito de Nova Laranjeiras que gosta de cercear a liberdade de imprensa e armar prisão (que o flagrante foi anulado) pra jornalistas que o denunciam aqui na nossa região –

    http://www.gazetadopovo.com.br/vidapublica/conteudo.phtml?tl=1&id=1127871&tit=Irregularidades-na-saude-do-PR-abrem-investigacao-nacional

  3. Escritor
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 11:59 hs

    As pessoas não fazem idéia do que seja desviar dinheiro de saúde. É como apertar o gatilho e condenar a morte crianças, idosos, enfim, um dos piores crimes que um ser humano possa cometer.

    O senhor Barbosa Neto, que sempre aperece com cara de mocinho, deve estar envolvido, do contrário, deveria mandar par a cadéia a digníssima primeira dama das trevas.

  4. CAÇADOR DE PETISTAS
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 12:07 hs

    Chega de impunidade, CADEIA NELA.

  5. Hamilton Luiz Nassif Londrina
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 12:41 hs

    Caro Fábio, mais de cinquenta anos que vivo em Londrina,não vi ainda uma perseguição tão acirrada contra um político como está havendo com o prefeito Barbosa Neto.Não estou defendendo-o,não tenho procuração para isto,porém calúnias ,perseguiçoes,injúrias(NÃO COMPROVADAS) estão fazendo da nossa Londrina,outrora Capital Política do Paraná,uma cidade movida pelo ódio! A lei existe para ser cumprida após a verificação e condenação dos fatos devidamente comprovados.Voltamos ao tempo da caça as bruxas.É uma lástima.!!!

  6. sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 14:37 hs

    EM CADA BALAIO DE GATO, SEMPRE TEM UM GATINHA

  7. Eduardo
    sexta-feira, 20 de maio de 2011 – 19:05 hs

    Em Londrina o povo precisa é acompanhar o que está acontecendo na Prefeitura. Não tem nenhuma perseguição ao prefeito como disse seu Hamilton. O MP oportunamente mostrará as provas que possui ao propor ações contra esta quadrilha que assaltou a saúde nos últimos tempos. Uma pena é que muita gente acreditou no Barbosa, cujo passado está sob investigação também, como no caso dos gafanhotos, em que a dona Ana Laura também operava.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*