Comissão da Assembleia recebe secretário de Segurança Pública | Fábio Campana

Comissão da Assembleia recebe secretário de Segurança Pública

A Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa recebe neste momento o secretário Reinaldo de Almeida Cesar e autoridades da Polícia Militar, Polícia Civil e DETRAN. Na pauta estão assuntos relacionados ao plano de governo para a área da Segurança Pública e a redução dos índices de violência no Paraná, sobretudo na Capital e Região Metropolitana.

Acompanham o secretário, o delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Vinícius Michelotto, o comandante da Polícia Militar, Marcos Teodoro Scheremeta, diretores do Instituto de Criminalística, IML e representantes do DETRAN. O assunto é o plano de segurança pública elaborado pelo governo. Almeida Cesar esclarece como o governo pretende investir os recursos destinados ao setor.


4 comentários

  1. Milton Valle
    terça-feira, 17 de maio de 2011 – 11:38 hs

    Já está na hora do Sr. Secretário de Segurança ao menos apresentar o plano do Governo para segurança pública. Convenhamos que até o momento, este setor do governo está inerte. Operações pontuais, como a ocorrida no centro de Curitiba dias atras, ném de longe fazem frente aos complicados e multiplos problemas relacionados a segurança pública.

  2. Revoltado
    terça-feira, 17 de maio de 2011 – 11:40 hs

    a primeira coisa que deveria ser feita seria a valorização dos Policiais com melhores salários principalmente Cabos e Soldados que tem os menores salários da categoria.
    O Paraná tem a melhor policia do Brasil porem não é a que tem melhor salário.
    Regulamentar a Emenda 29 seria simplesmente cumprir a Lei. E cumprindo a Lei o governo teria uma policia ainda melhor.

  3. Joeal - Base
    terça-feira, 17 de maio de 2011 – 16:59 hs

    A importância e a valorização dos policiais de base das carreiras da Policia Civil do Paraná pelo governo Beto Richa. O Investigador de Polícia, o Agente de Operações, o papilocopista são figuras do quadro da organização Policial Civil no Paraná, sendo sua ação muito importante, nos trabalhos de Polícia Judiciária, pois cabe a eles as tarefas de levantarem os meios de provas, trazendo-os para os autos do Inquérito Policial, seu responsável Escrivão de Polícia.

  4. Ortiz
    terça-feira, 17 de maio de 2011 – 17:02 hs

    A remuneração dos agentes da Polícia Federal foi utilizada como parâmetro para a paridade porque seus valores são adequados à natureza e relevância da atividade exercida.
    “Os policiais civis operacionais, com o salário defasado que recebem, não conseguem proporcionar um padrão de vida digno aos seus familiares. A remuneração paga é incompatível com o perigo da atividade exercida Ele A Organização Internacional do Trabalho (OIT) classificou a atividade policial como a segunda mais estressante do mundo, perdendo apenas para a dos trabalhadores de minas de carvão.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*