Brasil é 90º em ranking de liberdade de imprensa | Fábio Campana

Brasil é 90º em ranking de liberdade de imprensa

do Portal Imprensa

Em relatório da organização Freedom House, o Brasil ficou classificado em 90º lugar no quesito liberdade de imprensa. Considerado “parcialmente livre”, o Brasil ocupa o 22º lugar em um total de 35 nações das américas, atrás dos países sulamericanos Uruguay (15º), Chile (16º) e Peru (21º). O relatório constata, ainda, que a liberdade de expressão sofreu um declínio em todo continente americano.

No Brasil, um meio recorrente de freio à livre atividade jornalística é a multiplicação de procedimentos judiciais para impedir a publicação de notícias desfavoráveis, como constatou análise publicada no site da rede de notícias alemã, Deutsche Welle (DW). A DW cita o caso do jornalista paraense Lúcio Flávio Pinto, fundador do jornal Pessoal. Suas matérias sobre corrupção e desmatamento ilegal da Amazônia já lhe custaram 33 processos. “A censura passou a contar com um poderoso instrumento, que é a Justiça”, diz. A DW relembra, ainda, casos notórios de censura, por meio de ações judiciais, a exemplo do Estado de S. Paulo. O jornal está, há quase dois anos, proibido de publicar matérias a respeito da Operação Boi Barrica, “que colocou Fernando Sarney (filho do José Sarney) no centro de um escândalo político”.


“A questão da insegurança é mais grave no Norte e no Nordeste brasileiros. Nessas regiões, jornalistas têm confrontos com as autoridades e também com o crime organizado de maneira muito violenta”, acrescenta o sociólogo Benoît Hervie. O chefe para região do continente americano da organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) revela essas informações em entrevista para a emissora alemã.

Apesar disso, a ministra da Secretaria de Comunicação Social, Helena Chagas, afirmou à DW que o país vive em regime de plena liberdade de expressão. “Acho que essas dificuldades são muito mais relativas ao funcionamento da Justiça, envolvendo questões sociais e políticas, do que propriamente à instituição da liberdade da imprensa. Não há censura em nenhum lugar (no Brasil), e todos publicam o que querem”, disse.


3 comentários

  1. CAÇADOR DE PETISTAS
    terça-feira, 3 de maio de 2011 – 19:09 hs

    Por enquanto mas, cuidado, o PT detesta a liberdade de imprensa. Aproveitando a matéria, gostaria de colocar a culpa ao Fascista Lula d Silva, o mentiroso vagabundo pelo aumento da inflação pois, não soube administrar a econômia recebida de “graça” pelo PSDB, bastava continuar o que vinha sendo feito. E não me venham querer comparar o índice inflacionário, antes e depois..

  2. Maria Eduarda
    quarta-feira, 4 de maio de 2011 – 11:47 hs

    Mentira deslavada dessa ministra, meu marido é jornalista e já perdeu o emprego em dois veículos de comunicação por conta das matérias investigativas que ele faz. Quando mete o dedo na ferida destes políticos porcos, a coisa descamba para o lado do “Coronelismo”, eles mandam demitir e se bobear mandam matar isso sem falar na tortura psicológica, pois ameaçam a família do profissional. Quem em sã consciência vai arriscar a vida de seus familiares? Meu marido sofre muito com tudo isso.

  3. antonio carlos
    quarta-feira, 4 de maio de 2011 – 19:29 hs

    Esta organização Freedom House é uma legítima representante da PIG, porque nos coloca em péssima situação. Só pode ser isto. A verdade dói, mas ela é sempre libertadora. Tony

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*