Richa lança programa Morar Bem Paraná | Fábio Campana

Richa lança programa Morar Bem Paraná


Ao completar 100 dias de administração, o governador Beto Richa lançou o programa “Morar Bem Paraná”, que define a nova política habitacional do Estado e que garantirá o atendimento a 100 mil famílias paranaenses nos próximos quatro anos.

O programa abrange medidas de regularização fundiária, financiamento para construção de novas unidades e a melhoria de moradias urbanas e rurais. O Morar Bem Paraná será implementado por meio de cooperação técnica da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) com o Ministério das Cidades e a Caixa Econômica Federal.

O Governo do Estado também firmou convênio com Copel, que será responsável pela construção das redes de distribuição de energia elétrica nas moradias construídas, e com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), que implantará os sistemas de abastecimento de água e saneamento básico. O objetivo é fazer parcerias para tornar o Morar Bem Paraná viável e para atender da melhor maneira às famílias paranaenses.


4 comentários

  1. Leônidas Santos Leal Filho
    segunda-feira, 11 de abril de 2011 – 16:45 hs

    O Governador esta de parabéns pelo projeto e pela implementação.

    100mil moradias ou 100mil familias atendidas no Paraná, especialmente na parte de regularização fundiária irá resolver, ou ao menos ajudar, diversos programas no interior do Paraná.

    Eu espero que o Governador também implante os programas que fez na prefeitura de Curitiba pela Agencia Curitiba a nível estadual.

  2. Catulo
    segunda-feira, 11 de abril de 2011 – 21:57 hs

    Olá Fabio!
    acho muito boa sua conduta política, mas acho também que todos os comentários que são colocados em sua página devam ser aceitos, pois temos de expor nossas opiniões.
    No caso do devaneio que é este projeto, como coloquei em outro comentário que o senhor não postou, onde com uma simples conta podemos chegar à conclusão que 25.000 casas por ano é muito improvável!
    Não estou dizendo que com a assinatura de convênios e contratos não chegaremos a estes números (25000 casas contratadas), mas a conclusão destas unidades habitacionais como proposto, sim é impossível!
    Acho importante termos opiniões divergentes, isso sim é democracia e liberdade de expressão, e não excluir um comentário saudável e democrático.
    Falo com conhecimento de causa, de muitos anos de trabalho na área de habitação, por diversas vezes, em diversos governos, em vários estados de nosso Brasil.
    Não falo como leigo, mas com a estrutura que temos hoje, e isso demanda tempo para mudar (mínimo 1 ano), não conseguiremos atingir a meta proposta pelo nosso Governador Beto Richa de 100.000 casas concluídas em 4 anos.
    Grande abraço

  3. Milton Santos
    segunda-feira, 11 de abril de 2011 – 23:09 hs

    Se o governador tivesse olhos de administrador, voltaria seus olhos, para os servidores públicos, no caso da secretaria de segurança. Ninguém até o momento previsionou ações no que diz respeito ao plano de moradias para policiais no Paraná.
    Vemos companheiros, morando em regiões de bolsões de miséria e pobreza, onde prolifera o tráfico de drogas, e este não podendo promover ações de polícia, uma vez que colocaria em risco familiares. Cobramos do governo atitudes para promover tais remoções. Não, pedimos nada de graça. Apenas que se faça um plano habitacional dentro das possibilidades.

  4. Sergio Silvestre
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 0:26 hs

    Linda sigla,como as outras centenas que jogam ao vento,morar bem para quem,politicos e aspones dos condominios fechados,ou casa descente para o pobre.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*