Prefeituras paranaenses se unem para fortalecer Guardas Municipais | Fábio Campana

Prefeituras paranaenses se unem para fortalecer Guardas Municipais

A ampliação da ação das guardas municipais de todo o Brasil será o centro de uma reunião marcada para esta sexta-feira (08) em São José dos Pinhais, com a participação de representantes de vários municípios paranaenses e do deputado federal Fernando Francischini.

O secretário municipal de Segurança de São José dos Pinhais, Marcelo Jugend, que também preside o Conselho Estadual de Secretários e Gestores Municipais de Segurança, defende que a realidade atual das guardas municipais é bem distante da atribuição legal da corporação, que é zelar pelo patrimônio público. “O cidadão cobra da Guarda a atuação como polícia comum. É por isso que precisamos regulamentar isso, garantindo constitucionalidade ao trabalho das guardas municipais”, afirma Jugend.

Durante o encontro também serão debatidas questões como o porte de arma aos guardas municipais, além da criação de um marco regulatório nacional para as Guardas Municipais. “Com essa regulamentação, queremos garantir um currículo mínimo de preparação da Guarda Municipal. Com treinamento e qualificação apropriados”, relata o secretário.


3 comentários

  1. juca bala
    quinta-feira, 7 de abril de 2011 – 18:42 hs

    Primeiro de tudo vcs tem que mudar a constituiçao federal e dar poder de policia as guardas municipais , hoje em dia nas delegacias as guardas sao descriminadas sendo questionadas a respeito de suas atribuiçao sendo humilhadas em seu trabalho as vezes pela propria populaçao questionando os poderes da guarda , os guardas sao humilhados de nada adianta reunioes politicas se nao dar respaldo para as guardas legalizando como policia no artigo 144 da constituiçao federa, os malacos conhecem a lei enao respeitam os guardas , imaginem a familia dos guardas quando prendem um traficante ? quem garante? Por favor parem de se aproveitarem da boa vontade dos guardas e da sua ingenuidade , querem colocar as guardas de fronte a criminalidade sem se quer dar um poder de policia e muito menos respaldo,cuidado guardarada vcs tem familia os politicos moram em birros cercados de segurança e vcs?cobrem o poder de policia ou vao chorar no tumulo da sua familiA.

  2. Raphael Junqueira
    sexta-feira, 8 de abril de 2011 – 9:15 hs

    Gente, não tem outra saída a não ser mudar a Constituição!!! É fácil?? Claro que não, estão tentando isso a mais de 10 anos e não conseguem!!!
    Quanto a currículo básico para formação, isso já existe há muito tempo Secretário!!! Leia a o site do Ministério da Justiça; é só seguir!

  3. SãoJoseense
    sexta-feira, 8 de abril de 2011 – 12:15 hs

    Na verdade tem gente tentando discutir segurança pública e padrões de Guardas Municipais sem qualquer noção do que anda fazendo. Tal é o caso desse nosso secretário municipal de segurança, Srt. Marcelo Jugend, que é mais ausente e omisso do que qualquer outra coisa. Quanto ao deputado federal e delegado federal Dr. Francischini que é do ramo, nós guardas municipais de São José dos Pinhais, só temos a agradecer o que puder fazer pela melhoria das Guardas como um todo. Porém dispensando a possivel assessoria do secretário que não se sabe como foi eleito representante de secretarios municipais pois não tem a mínima condição de liderar o que quer que seja.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*