Polícia Rodoviária Estadual usa radar fotográfico no feriado | Fábio Campana

Polícia Rodoviária Estadual usa radar fotográfico no feriado

A fiscalização nas rodovias estaduais, em todo Paraná, foi reforçada com a utilização de doze aparelhos de radar fotográfico, durante o feriado da Páscoa. A informação é do comando da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). Essa é mais uma das estratégias da corporação, segundo explica o tenente coronel João Vieira, para coibir o excesso de velocidade, causa de muitos acidentes com vítimas, nas estradas paranaenses.

“A PRE pede aos motoristas que não bebam”, acrescenta o comandante. “Vamos fiscalizar a ingestão de bebidas alcoólicas de maneira criteriosa, com o emprego de bafômetro”, adverte o comandante da corporação.“Motoristas que se recusarem a fazer o exame etilométrico serão encaminhados à delegacia mais próxima”, ressalta.


Segundo a legislação, o condutor flagrado com dosagem superior a 0.1 decigramas de álcool por litro de ar expelido está sujeito a sanção com multa prevista no Código de Trânsito Brasileiro. Uma dosagem acima de 0,3 decigramas resulta em prisão. Álcool acima dos níveis tolerados pela legislação produz diminuição da coordenação muscular e demora na resposta do condutor a situações de emergência, além de reduzir a capacidade de julgamento do usuário.

Os policiais também estarão inspecionando o uso correto do cinto de segurança e o excesso de bagagens. As autoridades rodoviárias recomendam aos motoristas uma revisão nos cintos de segurança. Isso vale tanto para o equipamento do motorista quanto para os dos passageiros. É importante que os cintos estejam funcionando corretamente, travando quando puxados.

REVISÃO – A Polícia Rodoviária Estadual lembra ainda que antes de uma viagem é recomendável fazer uma revisão no carro, contemplando a mecânica, os pneus e a parte elétrica. O condutor deve verificar itens de segurança, como o triângulo, que estão no porta-malas. O perfeito funcionamento dos faróis e limpadores de pára-brisa também é essencial para uma viagem tranquila.

Dirigir com cautela e dentro dos limites de velocidade, aumentando os cuidados em dias de chuva, e ultrapassar apenas com segurança são medidas que todo motorista deve tomar durante a viagem, lembra o tenente coronel Vieira.

Cuidados especiais devem ser tomados com o transporte das crianças. A regra é que recém-nascidos e bebês até 13 quilos ou um ano de idade devem ser acomodados no “bebê-conforto”, em leve inclinação, voltados para o vidro traseiro.

Crianças com peso entre 9 e 18 quilos (até 4 anos de idade) devem ser colocadas na “cadeirinha”, no banco de trás, e voltadas para frente. As maiores, até 36 quilos ou 10 anos, devem estar em assentos de elevação presos ao banco traseiro com cinto de três pontos. Crianças acima de 36 quilos ou 1,45 metros de altura já podem utilizar o cinto de segurança convencional.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*