Investigação da chacina em Piraquara é mantida em sigilo | Fábio Campana

Investigação da chacina em Piraquara é mantida em sigilo

do blog da Joice

O chefe da delegacia de Piraquara, na Grande Curitiba, Carlos Mastronardi, decretou sigilo absoluto durante as investigações da chacina que ocorreu no município neste final de semana. Cinco pessoas foram mortas a tiros em um condomínio de chácaras da cidade. Os corpos estavam amarrados, com as mãos para trás e com tiros nos olhos e na nuca.

A polícia trabalha com várias linhas de investigação entre elas a possibilidade de latrocínio (roubo seguido de morte), vingança ou motivação política, já que um dos mortos, o ambientalista Jorge Roberto Grando, foi secretário municipal de meio ambiente de Pinhais e implantava em Piraquara um condomínio ecologicamente correto.

Ninguém esta autorizado a falar até o fim das investigações.


2 comentários

  1. Gastão
    quarta-feira, 27 de abril de 2011 – 1:06 hs

    QUAL SERÁ O MOTIVO?

    —-NESSA REGIÃO NÃO EXISTE ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA?
    —- LEMBRA O MOTIVO DO FIM DE CHICO MENDES?

    SERÁ QUE TEM GENTE “GRAUDA” POR TRÁS DISTO?

  2. Vanessa
    quarta-feira, 27 de abril de 2011 – 17:06 hs

    Com certeza existe especulação imobiliária…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*