Governo Pessuti compromete a folha do Estado | Fábio Campana

Governo Pessuti compromete a folha
do Estado

O Tribunal de Contas do Estado emitiu um alerta para o governo estadual cobrando explicações a respeito do comprometimento de 93,88% do permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal para gastos com a folha de pagamento no último quadrimestre de 2010. Segundo o TCE, diversos atos assinados por Orlando Pessuti nos últimos 180 dias de governo significaram aumento da despesa com pessoal, sem o devido indicativo de de receitas ou remanejamento de recursos para evitar o déficit orçamentário. Embora já estivesse fora do Palácio das Araucárias, o senador Roberto Requião também é citado como responsável pelo imbróglio.


8 comentários

  1. Borduna
    sábado, 2 de abril de 2011 – 8:13 hs

    Claro que o senador é responsável. Ele escolheu o vice. Ele ao candidatar-se abriu o cargo de governador ao seu vice. Bob Req é totalmente responsável pelos atos de Pessuti…

  2. vivaldo moreira
    sábado, 2 de abril de 2011 – 8:38 hs

    E ainda espera uma boquinha federal.

  3. LEAD
    sábado, 2 de abril de 2011 – 8:58 hs

    Num to inteindeindo! Aumentaram o percentual da folha sem aumentar os salários do funcionalismo? Como foi esse milagre às avessas?

  4. OBSERVADOR
    sábado, 2 de abril de 2011 – 13:24 hs

    O sr. Pessuti autorizou aumentos para alguns funcionarios. Todos amigos do pessoal do PMDB.

  5. BELA
    sábado, 2 de abril de 2011 – 17:00 hs

    agora sim vão começar a jogar caca no ventilador

  6. esojsolrac
    sábado, 2 de abril de 2011 – 17:42 hs

    Não resolve nada o tribunal de faz de contas emitir nota, o que resolve é emitir mandado de prisão contra essa corja…

  7. AGUAVE
    segunda-feira, 4 de abril de 2011 – 8:21 hs

    Tribunal de faz de contas, só porque não levaram capilé nesta, agora tão reclamando.

  8. Joca Almeida
    segunda-feira, 4 de abril de 2011 – 10:04 hs

    Não sei qual categoria foi aumentada. Sei que desde 2002 o governo não pagou os agentes de apoio e de execução nem os fazendários que são os menores salários. Implantou nova situação funcional e não pagou os pequenos funcionários. Porque o Hauly não paga os calotes que os governos, inclusive o PSDB, deram nos pequenos servidores do Paraná? Os governos do Paraná nas últimas décadas foi e stá sendo carrasco com os pequenos servidores que ao contrário, deveria zelar e garantir seus direitos. Vergonha, Vergonha.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*