Governo federal e Paraná reforçam segurança na fronteira | Fábio Campana

Governo federal e Paraná reforçam segurança na fronteira

Até o final deste mês será lançado o gabinete de gestão integrada na fronteira do Paraná com o Paraguai. O objetivo é aumentar o policiamento na fronteira para combater a entrada de armas no Brasil. O anúncio foi feito hoje pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

O gabinete de gestão no Paraná vai integrar forças das polícias Rodoviária Federal e Estadual, Forças Armadas e a polícia estadual, além da Receita Federal. De acordo com o ministro, o trabalho em conjunto dará “sinergia” ao combate ao crime.

Cardozo explica que está sendo estruturada, em parceria com os estados brasileiros e as nações vizinhas, uma “política global” para impedir ilegalidades nas fronteiras. A Bolívia já assinou um acordo dessa natureza com o Brasil. A próxima etapa será uma reunião entre os governos do Brasil e do Paraguai e dos estados do Paraná e de Mato Grosso do Sul. “Estamos buscando um aperfeiçoamento das relações com os estados estrangeiros”, disse Cardozo.


7 comentários

  1. Vigilante do Portão
    quinta-feira, 14 de abril de 2011 – 17:58 hs

    Não é NOVIDADE nenhuma.

  2. Dizao
    quinta-feira, 14 de abril de 2011 – 20:32 hs

    Os policiais ao invés de fisalizar os sacoleiros, passem a fiscalizar o comércio de armas, não precisa reforço

  3. voto nulo
    quinta-feira, 14 de abril de 2011 – 20:37 hs

    ora bolas! esse ministro, como é cupincha do comedor de mamonas, deveria perguntar ao mesmo sobre a fabulosa “força policial” que ele (o mamoneiro) havia criado para “ajudar” a policia federal na fronteira acima citada, a qual tanto alardeou quando empunhava o microfone nas escolinhas de DESgoverno.

  4. Sergio Silvestre
    sexta-feira, 15 de abril de 2011 – 0:15 hs

    Sinergia QUA QUA QUA QUA QUA,ESSE LERO OUÇO TODO DIA QUAQUA QUA QUA QUA

  5. SAMURAI
    sexta-feira, 15 de abril de 2011 – 6:46 hs

    A entrada de armas pelas fronteiras é um fato consumado e farta-
    mente comprovado. E o comércio de armas que opera tranquilamen-
    te dentro do país ? Existe um equívoco (proposital !? obviamente)
    imenso … É como encher uma caixa d’agua continuamente saben-
    do que existe milhares de furos nela e continuar explicando para o
    povão que não sabe porque a caixa d’agua nunca enche …
    Tudo errado !!!!!

  6. Mustafah
    sexta-feira, 15 de abril de 2011 – 12:17 hs

    Esse negócio de Gabinete é pura invenção de político para tapar o sol com uma peneira, sua Excelência fala em reforço, mas a PF está fechando postos de fronteira em Porto Mauá/RS, Porto Xavier/RS, Santa Helena/PR e Capanema/PR ;por falta de recursos, alé de suspender as operações na fronteira por falta de gasolina e dinheiro para oficina. Antes tivemos o governo do “nunca antes neste país”, agora temos o governo da hipocrisia.

  7. Parreiras Rodrigues
    sexta-feira, 15 de abril de 2011 – 13:33 hs

    Essa viagem da dona Dilma à China rendeu mais que todas as viagens internacionais do seu antecessor. E olhem que não foram poucas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*