Governo encontra rombo na Educação | Fábio Campana

Governo encontra rombo na Educação

Assim como em outras áreas a equipe que apresentou o relatório hoje na coletiva no Palacio das Araucárias, informou que na Educação foram encontrados R$ 57 milhões em despesas feitas sem empenho. A maior parcela refere-se ao pagamento de recisões de contratos de professores temporários do Processo Seletivo Simplificado (PSS), que requer R$ 41,6 milhões. Outras despesas importantes da pasta que não foram pagas somam quase R$ 15 milhões, incluindo telefonia, energia, água, processamento de dados e convênios.

Pelo menos 143 escolas estão sucateadas e prejudicam as aulas de milhares de alunos. São salas que apresentam goteiras e infiltrações e sofrem inundações, ginásios e refeitórios inadequados ou com paredes e pisos comprometidos, além de instalações depredadas, com problemas elétricos, hidráulicos e nas tubulações de esgoto.

Apesar das deficiências do setor, foram encontrados R$ 199 milhões em recursos disponibilizados pela União desde 2008 para construção de Centros de Educação Profissional e formação de professores, que ainda não foram utilizados. Também há repasses do governo federal feitos há três anos e parados em dezembro de 2010.

No ensino superior, os restos a pagar e contas sem empenho somam R$ 5 milhões e o estado deixou de repassar mais de R$ 100 milhões para manutenção de instituições de ensino superior, Tecpar, Fundação Araucária e Funpar.


23 comentários

  1. PAI INDIGNADO
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 16:40 hs

    É lastimável ter que ler esse tipo de noticia!!! Alguns políticos não pensam mesmo na população.
    Em Nova Prata do Iguaçu – Sudoeste do Estado tem um prédio escolar caindo, alunos tiveram que se amontoar em outras escolas do município, sem condições alguma. Neste prédio havia 5 salas de aulas, banheiros, refeitório, biblioteca e almoxarifado.
    Hj as crianças tem que usar apenas dois (02) banheiros, um masculino e um feminino, imagine na hora do recreio, mais de 500 crianças, professores e funcionários usando apenas 02 banheiros. Não esquecendo, as “pobres” crianças não têm mais merenda pq não tem aonde fazer a mesma.
    Então gente, com isso tudo que passa, não dá para ficar calado.
    Esses políticos têm que colocar na cadeia, tropa de mafiosos, eles têm dinheiro ou ganha do governo para colocar seus filhos em escolas particulares, queria ver um filho deles estudando em uma escola destas.
    É UMA VERGONHA, TEMOS QUE DAR UM BASTA!

  2. Adelino
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 17:12 hs

    Ué, mas o Maurício Requião não era o “melhor secretário de educação do mundo”?

  3. Ben-hur
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 17:19 hs

    Requião e Pessutão deixaram o estado em situação lastimável, não entendo como o povo paranaense vota e apoia cidadões deste naipe.
    ainda temos que ver o Sr pessuti pançudo e cabeça de repolho querem um cargo pública, pra que, paraa funda mais um orgão, chega desse tipo de gente na politica nacional, fora requião porco corrupto!!

  4. LUCAS
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 17:53 hs

    CONCORDO COM VC PAI INDIGINADO REQUIÃO E PESSUTI FORAM OS PIORES ADEMINITRADOR DO PARANA ESSE CARAS DE PAU VÃO TER QUE RESPONDER NA JUSTIÇA SE ESTÁ AINDA EXISTE POPULAÇÃO VEJAM ISSO E NÃO SE ESQUEÇAM NAS PROXIMAS ELEIÇÕES

  5. Sergio Silvestre
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 17:55 hs

    Ué,o magomm da casa civil disse a pouco que as escolas em construção foram licitadas de modo irregular,e que vão pedir ao Mp
    que canceleas obras,nem mesmo eles sabem se paralizam ou pagam os empreiteiros.
    Na certa querem fazer sua propria licitação,aquela dos dizimos altissimos,porque o que foi contratado antes ,babau

  6. Luís Adolfo Kutax
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 18:27 hs

    Ora, se for verdade, se as despesas não estão empenhadas, chama-se à responsabilidade a Contabilidade do Estado, que com certeza, são servidores efetivos, e continuam no governo Beto Richa, e por lei, devem saber o que faziam ou deixavam de fazer.
    Evidente, se for verdade, haverá demissões destes servidores do quadro efetivo….

  7. SAMURAI
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 19:01 hs

    Repararam que todos os rombos são MILHÕES ou BILHÕES ?
    Mais uma da “tigrada” !!!

  8. Pina
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 19:59 hs

    E alguns devem ter se arrependido de não ter eleito ao Senado o GUSTAVO FRUET, e foram dar ao irresponsavel Requião a imunidade parlamentar que ele tanto necessita para não ser preso pelos rombos que fez no nosso Parana!!!!!!

  9. vera
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 20:56 hs

    E ainda tem as os probleminhas com as licitacoes com o aval da Dr Teresa Cristina que o MP ja esta investigando…..

  10. Kalunga
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 21:05 hs

    Esse governo só sabe falar em rombo, deficit, sucateamento etc. Vamos trabalhar Beto.

  11. Salete...
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 21:27 hs

    Se querem mostrar serviços, primeiramente façam uma auditoria na folha de pagamento da SEED e depois visitem a escola estadual do Juvinópolis em Cascavel.

  12. Maicon Santos
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 21:31 hs

    Uma coisa é certa, o Requião nunca deixou de pagar os avanças que os professores tem direito pelos cursos que fizeram, enquanto o Pessutti, deu o calote nos professores em dois meses, outubro e novembro de 2010, quando deveriam ter sido pagos os avanços, será que o Beto vai pagar esta dívida. ou vai ficar só na choradeira, e não fazer nada também, pague a dívida dos avanços e faça o panssuit arcar com as responsabilidades, pois não pagar estes dois meses de avanço que é direito do servidor é roubar.

  13. tony
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 21:51 hs

    Fábio, é rombo ou é roubo? Ou ambos? Tony

  14. Antonio Carlos
    terça-feira, 12 de abril de 2011 – 22:24 hs

    Vi uma nota do Pessuti que cita um link da pagina eletrônica do Goverdo do Parana onde esta postado o balanço do exercício financeiro de 2010, qual mostra algo muito diferente do relatado hoje pelo Governo Richa. Lá, no Balanço, qual foi fechado pela atual Gestão, consta um superávit de mais de um bilhão de reais.

  15. Carlitos Esteves
    quarta-feira, 13 de abril de 2011 – 9:48 hs

    Mas o governador Beto Richa poderia dar um jeito rapidamente. Da mesma forma que ele alugou alguns jatinho e um helicóptero sem licitação, alegando situação emergencial, ele poderia também contratar algumas construtoras nos locais onde há problemas nas escolas e, em caráter emergencial, fazer as reformas que se fizerem necessárias.
    É UMA QUESTÃO DE VONTADE POLÍTICA, MINHA GENTE.
    Chega de chororô e mãos à obra, pois o tempo é curto e a criançada precisa estudar. Ou educação não é prioridade nesse governo?

  16. Deixa eu esclarecer
    quarta-feira, 13 de abril de 2011 – 9:53 hs

    É incrível.
    Um erro não justifica um milhão de acertos.
    Os prédios do sistema de educação do Paraná tem uma idade média de 30 anos.
    São 2.600 prédios.
    Se existem 150 escolas com problemas de estrutura e conservação, representa 5,7% da rede estadual.
    Porque não se fala dos 94,3% que estão em excelente estado?
    Outro aspecto importante: quem conserva o prédio escolar é a gestão local, isto é a sua direção. Se o gestor é ruim, com certeza o prédio ficará ao Deus dará. Mas tem uma coisa importante: quem escolhe o diretor é a comunidade, em votação democrática.
    Portanto se na sua cidade o colégio está em péssimas condições lembre-se que como munícipe você também tem a sua parcela de culpa.
    Vejam nas escolas em que os diretores são empenhados e bons gestores. qualquer coisa eu acontece de anormal na estrutura é logo reparado.
    O que está faltando é capacidade gestora para certos diretores de escolas.
    Tem exemplos de diretores que assumiram colégios com sérios problemas de conservação e estrutura e em menos de um ano deixaram o colégio em excelente condição.
    O que a SEED tem a fazer é cobrar de forma mais eficiente, dos dirigentes escolares, a sua responsabilidade no uso e conservação dos prédios escolares.

  17. Luiz
    quarta-feira, 13 de abril de 2011 – 10:59 hs

    A Lei de Responsabilidade Fiscal é clara:
    “Art. 42. É vedado ao titular de Poder ou órgão referido no art. 20, nos últimos dois quadrimestres do seu mandato, contrair obrigação de despesa que não possa ser cumprida integralmente dentro dele, ou que tenha parcelas a serem pagas no exercício seguinte sem que haja suficiente disponibilidade de caixa para este efeito.”
    Com a palavra o Ministério Público…

  18. LUCIA
    quarta-feira, 13 de abril de 2011 – 11:13 hs

    OI GENTE VAMOS APURAR E VER QUEM ESTÁ MENTINDO SE É REQUIÃO E PESSUTI OU BETO RICHA E SEUS SECRETARIOS O QUE VCS ACHAM ….SERÁ QUE É MENTIRA AQUILO QUE ACONTECEU NO PORTO DE PARANAGUÁ …..VAMOS ESTÁ NA HORA DA VERDADE

  19. MÍRIAM
    quarta-feira, 13 de abril de 2011 – 13:50 hs

    É LASTIMÁVEL O ESTADO EM QUE SE ENCONTRA O ESTADO DO PARNÁ APÓS O GOVERNO REQUIÃO .TUDO ESTÁ SUCATEADO E O OUTRO FICA GRITANDO DE BRASILIA COMO SE FOSSE DONO DISSO AQUI.O VELHO TÁ GAGÁ, MESMO.
    AQUI ELE NÃO ELEGE GRECA.

  20. Alessandro T.
    quarta-feira, 13 de abril de 2011 – 14:20 hs

    Ué. Mas na escolinha eu sempre via o Requião falando das contas em dia, do mega-ultra-super-master-blaster-superávit do Estadão do Paraná!
    Será que era mentira?
    Mas o Requião então mentiu?
    Requião mentindo, será???? Um homem tão jóia… que pena!!!
    ACORDEM!

  21. carlos
    quarta-feira, 13 de abril de 2011 – 15:33 hs

    Cade o toucinho que tava aqui
    o gato comeu?
    Cadê o gato?
    Foi pro Mato
    Cadê o Mato?
    O fogo queimou
    Cade o fogo?
    A Àgua apagou
    Cadê a Água?
    O boi bebeu…
    cadế o boi?

    E assim por diante..
    Sempre uma desculpa tenta justificar a outra

    Vamos trabalhar, pois foi para isto que fomos eleitos!

  22. FILET MIGNON
    quarta-feira, 13 de abril de 2011 – 17:49 hs

    Nossa! Acharam rombo na administração da EDUCAÇÃO GESTÃO DO IRMÃO METRALHA III?
    Não acredito!
    Mas, é verdade mesmo? O dinheiro fruto do rombo está em algum armário?
    O Mauricinho está no Brasil? Já o encontraram?
    AH! Bom! Estava jogando finca, finca com o Delázari? Então tá bom!

  23. Alessandro T.
    quarta-feira, 13 de abril de 2011 – 17:59 hs

    Bonito versinho, Carlos. Estilo batatinha quando nasce.
    Então se um novo governante encontra um rombo de dezenas de milhões de reais, tem que ficar quietinho?
    Assim que se cria cobra, ignorando que é uma. Depois ela vai para o Senado.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*