Fábio Camargo denuncia gangue das falências | Fábio Campana

Fábio Camargo denuncia gangue das falências

Em entrevista ao jornalista Valdomiro Cantini da CBN de Cascavel que vai ao ar no sábado (16), o presidente da CPI das Falências, deputado Fábio Camargo, denuncia uma verdadeira gangue das falências. Ouça trechos da entrevista:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


7 comentários

  1. Serginho Rosa
    sexta-feira, 15 de abril de 2011 – 12:04 hs

    Mais uma ves o Dep. Fábio Camargo mostrando serviço, homem sério e competente da política paranaense!
    Cadeia neles já Dep. Fábio. . .

  2. estela
    sexta-feira, 15 de abril de 2011 – 12:28 hs

    O Fabio Camargo falando isso…
    Por favor né…
    Morro e nao vejo tudo!

  3. estela
    sexta-feira, 15 de abril de 2011 – 12:31 hs

    Adivinhem quem esta na Vara da Fazenda agora…

    VANESSA CAMARGO!!!

    Não a cantora minha gente, mas a IRMÁ do Fabio Camargo…

    Curioso…

  4. maria jose nunes teixeira
    sexta-feira, 15 de abril de 2011 – 14:34 hs

    DEPUTADO, VÁ TRABALHAR, VA CUIDAR DE SUAS NOTURNAS.

    CREDIBILIDADE ZERO, DEPUTADO

  5. José Diniz
    sexta-feira, 15 de abril de 2011 – 15:17 hs

    Interessante, não entendo, estão criticando um deputado porque está trabalhando em defesa do Paraná. O certo seria a gente elogiar o deputado Fabio Camargo. Ninguem atira pedra em árvore que não dá frutos.

  6. tony
    sexta-feira, 15 de abril de 2011 – 16:54 hs

    Meu Deus, brilhantina dando nomes, se não tivesse ouvido duvidaria. O cara afinou e não teve coragem de dizer o nome do pianista, aquele que votou por ele, e agora cai de pau em juiz e na tal família Simão. Cuidado brilhantina, a coisa pode virar para o teu lado. Tony

  7. Heitor da Silva Franco
    sexta-feira, 15 de abril de 2011 – 17:05 hs

    Pelos comentários já dá pra ver que a família Simão está completamente desesperada!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*