Arns participa de audiência pública em Tamandaré | Fábio Campana

Arns participa de audiência pública
em Tamandaré

Após a medida preventiva de suspensão das aulas nas Escolas Estaduais Jaci Real Prado de Oliveira e o Ambrósio Bini, na quinta-feira passada (31), devido a uma cratera ocasionada no terreno das escolas, a Secretaria de Estado da Educação (SEED) convocou uma audiência pública com a comunidade escolar dos colégios na última sexta-feira (1) no Ginásio de Esportes Buzatão em Almirante Tamandaré.

O Vice-governador e Secretário de Educação do Estado, Flavio Arns, estava presente na ocasião e afirmou que a audiência foi convocada para esclarecer a comunidade porque a SEED tomou a decisão de suspender as aulas temporariamente e que já está providenciando uma solução para o problema. “Não podemos ter dúvidas quanto a segurança dos nossos alunos e funcionários” disse o vice-governador acrescentando ainda que a Secretaria fará todos os esforços juntamente com os professores e diretores, para que as aulas sejam retomadas com qualidade.

O geólogo e professor Eduardo Salamuni, Presidente da Mineropar, explicou que a situação está sendo monitorada desde dezembro de 2008, quando houve o surgimento da cratera, e que serão realizados estudos complementares para decisão final sobre o destino dos prédios. A Prefeitura manifestou que irá apoiar as ações do Estado no município, inclusive na identificação de locais para realização de aulas neste período de suspensão temporária bem como no transporte dos alunos.

“Estamos acreditando que a situação será resolvida e é isso que esperamos” afirmou Rosangela Maria de Nascimento, Presidente da APMF do Colégio Jaci. As diretoras dos colégios também se mostraram satisfeitas com o trabalho que está sendo realizando e disseram ainda que uma escola é muito mais do que um prédio.

Estavam presentes ainda na reunião o Professor Sergio Ferraz, Chefe do Núcleo de Educação Área Norte, a Professora Tatiana, Diretora do Colégio Jaci Real Prado, a Professora Ivanna, Diretora do Colégio Estadual Ambrósio Bini, o Secretário de Educação e Cultura, Romildo de Brito, o Secretário de Administração, Gerson Colodel, a Vice Prefeita, Dete Pavoni, o Superintendente de Planejamento e Gestão Sandro Miguel Mendes, além de representantes da Polícia Miliar e Desefa Civil.


9 comentários

  1. SIQUEIRA DO BEM
    segunda-feira, 4 de abril de 2011 – 13:59 hs

    Já se passaram 7 anos de gestão, e o atual prefeito não fez absolutamente nada pela educação, não é agora que esse cidadão irá fazer alguma coisa, eles pesam que iram fazer sucessor, NUNCA CONSEGUIRAM…

  2. segunda-feira, 4 de abril de 2011 – 14:04 hs

    O FRACASSADO AINDA NÂO ABANDONOU A SECRETARIA
    JÁ QUE O BETO QUER ACABAR COM A EDUCAÇÂO NO ESTADO PODE POR O GALDINI SIM

  3. carlinhos
    segunda-feira, 4 de abril de 2011 – 14:54 hs

    EU TORÇO PARA QUE O PARANÁ TENHA ESCOLAS INTEGRAIS, MAS A PROPOSTA DE 500 ESCOLAS, É UMA GRANDE UTOPIA,
    E ESTA NA HORA DE ESCOLAS MUNCIPIAIS E ESTADUAIS TEREM SEUS PRÓPRIOS ESPAÇOS.

  4. Celestin Freinet
    segunda-feira, 4 de abril de 2011 – 15:14 hs

    Caro Zapata:
    O vice-alcaide assumiu com tanta arrogância, apresentando todas as soluções para os problemas da educação, que pensamos que, finalmente, o Paraná e o Brasil entrariam nos eixos.
    Qual-o-quê?
    O padre, cada vez mais enfraquecido, percebeu que os demônios dos desmandos da educação não se expelem com arrotos de monges.

  5. CAÇADOR DE PETISTAS
    segunda-feira, 4 de abril de 2011 – 15:48 hs

    FISCAL DE REALEZA.

    Pode apostar que, este fracaçado levara em suas palestras algo de que, os ouvintes tirem proveito. Contrário pode se dizer do falastrão analfabeto Lula da Silva, o grande mentor do mensalão que, so fala merda. Lula da Silva, deveria discursar em um circo, ese sim é seu reduto.

  6. CIBELE
    segunda-feira, 4 de abril de 2011 – 18:31 hs

    É triste, mas a nossa educação paranaense está indo de mau a pior. Aqui em Londrina, o cacique da aldeia apucaraninha suspendeu as aulas, por falta de merenda e repasse das verbas estaduais. Eles se elegeram prometendo a solução para todos os problemas da educação e até agora nada!

    Nas últimas duas semanas as escolas estaduais de Londrina só foram manchete por causa da violência. Cadê o aumento do efetivo da patrulha escolar?

    Isso sem falar do aumento dos 27% que seria dado aos professores…tudo balela!

  7. VERDADE
    segunda-feira, 4 de abril de 2011 – 18:34 hs

    Esta escola foi construída no Governo do Lerner!!! E este problema está se arrastando desde aquele tempo. Muito embora alardeado como um arquiteto VIP não conseguiu detectar o aquífero ali existente e autorizou a construção da escola em local proibido. Mas, o homem parece intocável…opiniões contrárias sobre ele não são publicadas. Assim, ele deveria utilizar a pensão de ex-governador de 24 mil reais e indenizar o Estado pelo prejuízo causado!!! Não é uma boa?

  8. KAIGANGUE
    segunda-feira, 4 de abril de 2011 – 19:03 hs

    Para o caçador de petistas:]
    você deve estar enxergando mal , ele não é o LULA , é o ARNS.

  9. Marcão
    segunda-feira, 4 de abril de 2011 – 19:09 hs

    BLÁ,BLÁ,BLÁ …e BLÁ!

    É só isso. Eu se fosse o Fávio Arns jogava a toalha, pois o governo não vai liberar facilmente recursos para a educação e ele vai ficar frustrado com essa situação, além de tudo vai assumir o ônus deste des-governo.

    Não se queime mais, para nós o sobrenome Arns vale muito!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*