Filho de vereador é morto durante tentativa de assalto em Londrina | Fábio Campana

Filho de vereador é morto durante tentativa de assalto em Londrina

do Bonde

Rapaz fez gesto brusco para defender a mãe e acabou sendo atingido fatalmente nas costas

O filho do vereador de Londrina José Carlos de Godoy (PTN), Raphael Galdino de Godoy (27), foi morto na noite desta terça-feira (29) após uma tentativa de assalto registrada na rua Comandante Carlos Alberto, no Jardim Caravelli, próximo ao aeroporto da cidade. A família do rapaz havia acabado de chegar em casa quando foi surpreendida por quatro ladrões armados.

Godoy estava dentro da residência quando, por volta de 20h30, escutou a movimentação na garagem da casa e resolveu conferir. Ao chegar no local, percebeu que se tratava de uma assalto e tentou sair em defesa da mãe, no entanto, um dos marginais se assustou e atirou nas costas do rapaz. Várias viaturas do Siate e Samu foram até o Jardim Caravelli, porém, nada puderam fazer para salvar a vida do rapaz.


Depois de fugirem com o automóvel Polo da família, os quatro suspeitos abandonaram o veículo na avenida Santos Dumont e fugiram a pé. Ao ser acionada, a polícia efetuou um grande cerco na região e acabou prendendo um suspeito de ter participação no episódio. Até o fechamento desta reportagem o homem não havia sido identificado oficialmente pelas testemunhas.

O Delegado Chefe de Londrina, Márcio Vinícius Ferreira Amaro, esteve na cena do crime e informou que vários policiais civis trabalham em conjunto com a Polícia Militar (PM) para identificar e prender os demais suspeitos do latrocínio (roubo seguido de morte).

Raphael Galdino de Godoy era filho de José Carlos de Godoy, conhecido como Godoy da Copel, que assumiu o cargo após licença do vereador José Roberto Fortini. Assim como o pai, a vítima também trabalhava na Copel. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal do município.


2 comentários

  1. Carlos Eduardo Nes
    quarta-feira, 30 de março de 2011 – 10:16 hs

    É preciso menos discurso e mais ação. Se com o Requião a segurança sempre foi ruim, com o Beto não podia ser pior.

  2. ROBERTO
    quarta-feira, 30 de março de 2011 – 11:00 hs

    COVARDIA ATIRAR NAS COSTAS DE ALGUÉM,
    O QUE TEM DE FAZER É PEGAR ESTE ASSASSINO COVARDE E CASTRÁ-LO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*