Falta de estrutura do IML pode ter causado a morte de 10 médicos | Fábio Campana

Falta de estrutura do IML pode ter causado a morte de 10 médicos


Do Blog da Joice
A falta de estrutura e os problemas no Instituto Médico Legal do Paraná podem ter sido a causa da morte de pelo menos dez médicos, vítimas de câncer, que trabalhavam expostos a radiação no local. A afirmação é da vice-presidente da comissão de Direitos Humanos da OAB do Paraná, Isabel Mendes, que vistoriou ontem (quinta) as instalações do IML. A vítima mais recente é uma técnica em radiologia. Todos esses profissionais eram funcionários do local há mais de quinze anos.

A vistoria da comissão foi feita após denúncias de irregularidades. Segundo Isabel Mendes, o maior risco é o da radiação. O oncologista da Santa Casa, Maicol Curarrashi, explica que a exposição à radiação sem a proteção adequada é prejudicial à saúde e pode ocasionar o câncer. Além dos problemas de radiação, a vice-presidente da comissão de direitos humanos explica que foram encontradas uma série de irregularidades no IML, principalmente em relação à falta de infra-estrutura e ao mau uso de equipamentos.

Durante a vistoria foi constatado que pelo menos cinquenta corpos não identificados estão à espera para serem enterrados. O imóvel tem mais de trinta anos e de acordo com Isabel Mendes o local não tem mais condições de atender a demanda.


12 comentários

  1. Zangado
    sexta-feira, 18 de março de 2011 – 18:58 hs

    Sim, e agora ?
    Quem morreu, morreu ?
    Quem foi para o IML, vivo ou morto, foi porque quis ?
    Não há responsabilidade ou responsáveis ?

  2. Nottli
    sexta-feira, 18 de março de 2011 – 19:53 hs

    A pseufo intervenção militar no IML foi a mais longa da história do Brasil. Enriqueceu oficiais bombeiros que ajudaram a destruir de vez o IML. Em Foz do Iguaçu a corrupção grassa. um funcionário recém nomeado foi preso. Quem manda lá é o Ademilton Telles, que nomeou um irmão (Rui Telles) para diretor do órgão…

  3. Hamilton Luiz Nassif
    sexta-feira, 18 de março de 2011 – 20:50 hs

    Há muitos anos tenho denunciado através da imprensa,as barbaridades que acontecem no I M L. Não é de hoje ! Os responsáveis vem de governos anteriores,que deixaram chegar ´a este caós. Quando vem à tona,acontece ésta balbúrdia tôda. Responsáveis somem,acovardam-se,são cúmplices do que ocorre.Licitações para consertos,levam mêses,até virar sucata.Desabafo de quem lá trabalhou e conheceu em “loco” o abandono.Infelizmente volto a comentar com muita tristeza, tudo seria diferente se:MORTOS VOTASSEM”

    Londrina,l8/março/2011

  4. S Y N F R O N I O.
    sexta-feira, 18 de março de 2011 – 21:23 hs

    E ENTAO, enquanto isso em muitos orgaos do governo sobra recursos, que
    atiça a cobiça e gananciosos de plantao, como e o caso da nossa destinta
    ALP, ATE QUANTO O NOSSO DOCIO POVO, vai ficar dizendo amem a es-
    sa gente, que se intitula de guardiao dos bons costumes, e zelo pela coisa
    publica.

  5. Gastão
    sábado, 19 de março de 2011 – 1:11 hs

    DRA, IZABEL, (EX ASSESSORA DO ALGACI TULIO), POR QUE ESTAS VISITAS DA “OAB” NÃO FORAM REALIZADAS NO GOVERNO PASSADO???

  6. Vigilante do Portão
    sábado, 19 de março de 2011 – 4:46 hs

    Quando é intere$$ante, resolvem tudo.

    O Cromatógrafo da Criminalística, está quebrado desde novembro.

    Agora é que será encaminhado para SP

    Não seria o caso de ter pelo menos 2 equipamentos?

    Faltam “rabecões”.

    Fosse carros para a Assembleia, numa semana sairia a compra.

    A incompetência do Requião e a falta de agilidade do novo governo, são IMPRESSIONANTES.

    Sabemos que a situação financeira do Estado, é grave.

    Entretanto, não é tão grave que não possa comprar 5 ou 6 carros para o IML.

  7. sábado, 19 de março de 2011 – 8:05 hs

    O IML no Paraná está falido, precisa o Governo urgentemente reestruturá-lo. Primeiramente chamar os aprovados no concurso anterior, que venceu em outubro/2010 e o ex-governador não chamou os aprovados.
    Falam muito do direito a VIDA e os MORTOS também deveriam ter pelo menos um último tratamento dígno.

  8. Flávius
    sábado, 19 de março de 2011 – 12:33 hs

    Alguém viu algum médico, em qualquer tempo, manipular aparelho de raio-x ou se expôr a radiação no IML? Alguém presenciou algum médico, em qualquer tempo, colocar a mão em algum cadáver? Alguém avistou, em qualquer tempo, um médico se aproximar a menos de 1m50 de algum corpo? Pelo que sei, eles apenas portam prancheta em uma das mãos e as mantêm às costas, somente fazendo perguntas aos funcionários e apontando de longe com a caneta: “o que é aquilo?” e o funcionário manipulando o cadáver informando, porque esses sim colocam a mão na massa. Se alguém foi ou está sendo contaminado no IML são os funcionários, mas médicos não. Melhor buscar a informação correta antes de divulgar, afinal a imprensa não prima pela verdade?

  9. Nottli
    sábado, 19 de março de 2011 – 16:20 hs

    P A R A B É N S ao Flávio, o que escreveu é a mais pura verdade. Quem põe a mão na massa, diga-se mortos, são os auxiliares de necrópsia, os médicos só põe a mão no salário do fim do mês. Quem duvidar é só adentrar na sala de exame de necropsia em qualquer IML do Estado.

  10. sábado, 19 de março de 2011 – 21:41 hs

    Realmente flavius vc esta corretissimo medico tem receio de encostar a mão inclusive em paciente vivo imagine num morto, agora e preciso que os representantes do povo acabem com o unico instrumento que e um atraso na execução dos serviços publico, a Lei da Responsabilidade Fiscal, e A Lei de Licitações, a prmeira nenhum governante a cumpriu e tem medo de fazer alguma coisa por medo dela, a segunda porque compra-se produto de terceira categoria por preço de primeira, alem da perda de tempo com burocracia para defenir a compra, pois super faturada ou não sai do mesmo jeito, enquanto pontes e produtos necessarios para a população demoram pra sair.

  11. AUXILIAR DE NECROPSIA
    quinta-feira, 24 de março de 2011 – 19:31 hs

    oque tem que ser feito é os auxiliares se recusarem a a manipular o aparelho de raio x , pois não ganhamos pra isso , ai sim vai começar a andar o iml ,era bom que tirassem o aparelho de raio x ,pois não recebemos insalubridade, quando eu fiz o concurso estava escrito auxiliar de necropsia ,imaginei que era pra auxiliar mas na verdade eu faço a necropsia sosinho , o medico só assina e sobre a questão das mortes por radiação é a mais pura verdade todos funcionarios que la trabalham estão expostos , mas geralmente os médicos tem mais tempo de trablho , esperem daqui a uns 10 anos e veremos o tanto de auxiliares sofrendo infelizmente pelo cancer ,que adianta arrumar a sala de raio x , viaturas , estrututa , revejam nosso salario , amigos auxiliares vamos parar de reclamar por estrutura , queremos reconhecimento , remuneração ai sim depois arrumar as instalações adianta trablhar sobre diamantes , e receber apenas migalhas , não passamos apenas de garimpeiros , mexemos com o ouro mas recebemos só o pó. vamos fazer uma greve ai eles se mexem

  12. simone kowalek
    terça-feira, 26 de abril de 2011 – 22:26 hs

    E pensar que um dia sonhei em trabalhar no IML de Curitiba…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*